O Passaporte Brasileiro é Ruim?

O peso do passaporte brasileiro

Você já se perguntou se o passaporte brasileiro é bom? Quer saber se o nosso passaporte é ruim? Embora essa pergunta não seja frequente, comentamos aqui algumas informações importantes sobre o passaporte brasileiro no contexto turístico, ou seja, sobre o valor do passaporte ao realizar viagens internacionais.

Se acaso você não possui um passaporte brasileiro e mesmo assim quer saber se pode realizar viagens internacionais, leia nosso post sobre Como Viajar Sem Passaporte para saber os destinos possíveis!

Vamos?

Qual o passaporte ideal? O Passaporte Brasileiro é Ruim?

Primeiramente, deixamos claro que esse é um assunto polêmico, até mesmo sério, e pode gerar muita discussão. É provável que você tenha escutado muitas pessoas dizerem que gostariam de ter um passaporte europeu ou norte-americano. Da mesma forma, pode ter escutado alguém comentar sobre ter algum outro passaporte que permitisse viajar sem vistos ou de maneira “mais fácil” para outros países.

Apesar de ser considerado uma verdade inquestionável por muitas pessoas o fato do passaporte brasileiro ser pior ao de outros países, nós pensamos que não (e isso será mais evidente nos próximos itens), ou seja, o passaporte brasileiro é um bom documento para viajar.

De maneira geral, todos os passaportes possuem restrições internacionais. Ademais, não podemos confundir o peso de ser um europeu com o valor ou peso de ter um passaporte europeu no contexto de viagens. Nós não vamos discutir aqui as vantagens de ser um europeu, brasileiro ou norte-americano. Em contrapartida, vamos comentar sobre o valor do passaporte brasileiro no sentido de permissões e restrições em viagens internacionais.

Assim sendo, vamos analisar os valores e peso que o nosso passaporte possui.

Qual o peso de ter um passaporte brasileiro?

Eventualmente pensamos sobre ter nascido em um “país do terceiro mundo”. Logo, é possível que extrapolemos esse conceito ao nosso passaporte. Porém, o passaporte brasileiro está bem e muito longe de ser um dos piores do mundo. Existem passaportes com muito menos peso e poder (mais restrições para realizar viagens) que o nosso. Para demonstrar com exemplos, em seguida listamos quais os países que podemos visitar com nosso passaporte.

Quantos países posso visitar sem tirar um visto antecipado no passaporte brasileiro?

A saber, o passaporte brasileiro lhe permite conhecer até 150 países sem necessidade de ter um visto segundo o Portal Consular do Itamaraty. Se comparamos com outro passaporte europeu como, por exemplo, o espanhol (que permite viajar sem visto para 150 países), estamos empatados.

Então, já que estamos perguntando sobre a quantidade de países que você pode conhecer com o documento brasileiro, confira alguns deles.

América do Sul (com passaporte brasileiro)

Acreditamos que não seja novidade para muita gente que a possibilidade de viajar para outros países da América do Sul utilizando o passaporte brasileiro. Afinal, o Brasil faz parte do Mercosul. Entretanto, vale a pena repassar a lista dos países (e os dias) que você pode viajar sem visto:

  • Argentina, Chile, Equador, Guiana, Paraguai, Peru, Suriname e Uruguai — 90 dias
  • Bolívia — 30 dias

América Central (com passaporte brasileiro)

A América Central, comumente conhecida como América Latina, não só é um dos lugares mais desejados (e visitados) pelos brasileiros, bem como nosso passaporte, é possível visitar os seguintes países. Se, por acaso, você queira praticar o idioma castelhano, estes seriam seu destino:

  • Antigua  e Barbados – 180 dias
  • Belize, Costa Rica ,Republica Dominicana, El Salvador – 90 dias
  • Granada, Guatemala  e Haiti – 90 dias
  • Honduras – 30 dias
  • Panamá, Jamaica e Nicarágua – 90 dias
  • Santa Lucia, S. Cristovam e Nevis, S. Vicente e Granadinas e Trinidad e Tobago – 90 dias
  • México, Bahamas, Cuba – 90 dias

África

Por outro lado, se você gostaria de conhecer algum país africano, seja para fazer um turismo na savana africana ou mesmo relaxar em uma estância de luxo, esses são os países que você pode visitar:

  • Botsuana, Marrocos, Namíbia, Seychelles e Tunísia – 90 dias

Europa

Analogamente, estes são os países europeus que você pode viajar sem visto (fazem parte do tratado Schegen). Vale lembrar que na Europa você pode ficar até 90.

  • Alemanha, Andorra, Áustria Bélgica, Bósnia e Bulgária
  • Croácia, Dinamarca, Eslováquia, Eslovênia e Espanha
  • Finlândia , França, Geórgia e Grécia
  • Holanda, Hungria, Irlanda, Islândia e Itália
  • Liechtenstein, Luxemburgo, Mônaco e Noruega
  • Polônia, Portugal, Reino Unido, República Tcheca e Romênia
  • San Marino, Sérvia, Suécia, Suíça, Turquia, Ucrânia e Vaticano

Ásia e Oceania

Em seguida, concluímos a lista com os países da Ásia e Oceania que você pode viajar sem visto:

  • Cazaquistão e Cingapura – 30 dias
  • Coréia do Sul e Emirados Árabes – 90 dias
  • Filipinias – 59 dias
  • Hong Kong – 90 dias
  • Indonésia e Maldivas – 30 dias
  • Israel, Malásia, Mongólia, Rússia, Tailândia e Turquia – 90 dias
  • Nova Zelândia, Fiji e Tuva – 90 dias
  • Micronésia, Nauru, Palau, Tonga – 30 dias
  • Samoa – 60 dias

Passaportes mais poderosos que o brasileiro

Depois que listamos todos os países que podemos viajar sem visto, você deve estar se perguntando: “Quais são os passaportes mais fortes que o nosso?”. A seguir, mostramos-lhe os passaportes “mais poderosos” que os nossos:

  • 1o – Japão (191 destinos)
  • 2o – Singapura (190 destinos)
  • 3o – Coreia do Sul e Alemanha (189 destinos)

Por fim, embora o passaporte brasileiro não é seja o mais poderoso do mundo, temos muitas opções de viagens.

Conclusão

Evidentemente, dá para ver que o passaporte brasileiro facilita a viagem para muitos países! Portanto, se esse é o seu desejo, dá até para fazer uma volta ao mundo com o nosso passaporte sem necessidade de visto! Finalizamos com uma mensagem importante: nosso passaporte é fortíssimo!

Porém, se o país que você quer visitar não está na lista, você terá que gastar um pouquinho mais e passar por algumas burocracias para tirar o seu visto, de fato, em muitos casos não são tão difíceis.

Sem dúvida, esse foi um post cansativo. Portanto, se você deseja relaxar um pouco, leia algum dos nossos posts abaixo para saber qual será seu próximo destino. Afinal o verdadeiro viajante tem sempre um destino em mente!

Veja também: Onde se hospedar em Barcelona

Alugar apartamento pra temporada

Leia: Cozinha Afetiva, de Bianca Aloise

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on pinterest
Pinterest
Share on twitter
Twitter
Robba Caravieri

Robba Caravieri

Aos 40 anos deixei meu país, o Brasil, para descobrir o mundo.

Dicas para sua viagem:

Uma resposta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Navegue

booking

Posts Relacionados

como fazer amigos na sua viagem - de lugar nenhum

Como fazer amigos na sua viagem?

Amigos e viagem é uma coisa que combina, certo? A questão é que muitas pessoas às vezes deixam de viajar pelo motivo de não terem uma companhia nas férias ou mesmo terem compatibilidade de datas disponíveis pra conseguirem um acompanhante na aventura.

Fique por dentro

Inscreva-se na nossa newsletter e receba sempre em seu e-mail todas as novidades, promoções e dicas.
Basta digitar seu e-mail no campo abaixo e pronto!