Cannole um dos mais saborosos doces típicos italianos.

Você sabe qual é a origem da comida italiana e os pratos típicos italianos mais famosos? A culinária italiana é uma das mais amplas e bem aceitas culinárias do mundo, além de ser muito conhecida. Afinal, quem não gosta de uma saborosa pizza ou de um suculento canoli? Se você quer conhecer a culinária italiana e um pouco da sua história, separamos algumas informações importantes e os pratos mais conhecidos dessa cultura repleta de sabor e tradição que, fazendo jus a sua popularidade, várias outras não conseguem alcançar.

Qual a origem da comida italiana?

Os primórdios da cozinha italiana remontam à Roma Antiga. Isto é, faziam parte do que era o antigo Império Romano tanto a comida italiana atual em si como o espírito de comer. Além das influências que o império recebeu quando atingiu o seu apogeu e se estendeu por uma vasta área do mundo antigo — do Oriente Médio ao norte da África, além do Mediterrâneo — as bases da comida italiana sempre foram o vinho, azeite, pão, legumes, o trigo e queijos.

Por exemplo, a massa, um dos pratos típicos italianos mais famosos, remonta aos Etruscos, povo que conquistou Roma em 800 AC. Historiadores identificaram um mural em uma tumba Etrusca que retrata a fabricação de massas. Nesta tumba, cozinheiros são mostrados misturando farinha e água, com ferramentas como um rolo e uma máquina de corte. Outras influências iniciais na massa também incluem os gregos que, quando fundaram Nápoles, introduziram o makrios — um antecessor do macarrão — e os árabes, que introduziram o ittrya — um ancestral do fusilli.

Aperitivos típicos Italianos

Se você quer fazer uma refeição italiana de preparo rápido e fácil durante a semana para sua família ou amigos, os aperitivos típicos italianos são uma boa opção. Veja alguns deles:

  • Caponata
  • Spiedini
  • Crostini
  • Bruschetta
  • Focaccia

Além da pizza napolitana!

Caponata

A Caponata é um prato siciliano composto por berinjela frita picada e outros vegetais com azeite. Geralmente a berinjela é finamente picada e leva tomate, aipo e azeitona. No entanto, existem inúmeras variantes deste prato em diferentes áreas da Sicília e outras regiões da Itália. É um dos pratos típicos Italianos comumente consumidos em restaurantes como entrada.

Um aperitivo Italiano, Caponata
Deliciosa Caponata

Spiedini

O Spiedini é uma tradução simples para espeto. Podemos dizer serem extravagantes kebabs de carne italiana que podem ser personalizados de qualquer maneira. A variação mais conhecida é o Spiedini alla Siciliana que vai com carnes a milanesa (empanada). A outra variação comum é o Spiedini alla Romana, espetos de pão frito, queijo parmesão e anchova.

Spiedini di Carne, um aperitívo típico italiano
Spiedini di Carne

Crostini

O Crostini é um pão crocante pincelado com azeite, torrado na medida perfeita no forno ou na grelha. O ponto ideal é quando o pão se quebra nos dentes, oferecendo o contraste perfeito entre o crocante e o macio para uma pasta ou molho cremoso. São uns dos pratos típicos italianos mais comuns servidos como aperitivos e podem ser quentes ou frios.

Crostini com queijo de cabra e pera
Crostini com queijo de cabra e pera

Bruschetta

A Bruschetta é um prato italiano bastante comum que data do século XV. No entanto, existem evidências desta receita em documentos sobre a Roma Antiga, quando os olivicultores levavam suas azeitonas para um lagar local e provavam uma amostra de seu óleo recém-prensado usando uma fatia de pão. É um dos aperitivos italianos mais conhecidos no mundo.

A Bruschetta é uma mistura de tomate picado, azeite balsâmico, manjericão e alho, servida sobre fatias de baguete tostadas ou pão rústico pinceladas com azeite. É perfeita para uma festa já que é super fácil, deliciosa e você pode fazer muitas delas em uma única vez.

Bruschetta fresca com manjericãoo
Bruschetta fresca com manjericãoo

Focaccia

A Focaccia, ou ‘fogaça’, é um tipo de pão achatado coberto com ervas ou outros temperos. É um prato tradicional da cozinha italiana com uma íntima relação com a popular pizza. Mas lembre-se, a focaccia não é uma pizza! Podemos dizer que é a irmã mais velha, consumida cerca de 2000 anos antes.

Existem relatos de que as suas origens datam do século II AC, de quando os fenícios, cartagineses, gregos e tribos do Levante assaram a focaccia usando grãos como milho, cevada ou centeio. Mas certamente tudo começou com a civilização Etrusca, isto é, o povo que vivia em Roma e na atual Itália antes mesmo dos romanos.

Se você estiver viajando pela Itália e sentar em um restaurante para provar os pratos típicos italianos, certamente a focaccia será servida como um aperitivo antes do prato principal chegar.

Foccacia recém-assada
Foccacia recém-assada

Lanches típicos da Itália

A Itália não é só uma das grandes nações do mundo em aperitivos, mas também em sanduíches. Líder em embutidos e queijos, o país é um foco de inovação e exagera na criatividade. Aliás, existem muitos sanduíches diferentes que você deve provar além dos clássicos panini. Conheça alguns lanches típicos da Itália:

  • Porchetta di Ariccia
  • Porchetta Abruzzese
  • Panino al Prosciutto
  • Mozzarella di Bufala e Pomodoro
  • Puccia

Porchetta di Ariccia

A Porchetta di Ariccia é a versão clássica do sanduíche com carne de porco temperada de origem na Roma. Neste sanduíche a carne é generosamente temperada com sal, pimenta, alho e alecrim e o lanche não precisa de muito mais do que carne de porco e algo de crocante.

Os pedaços crocantes de pele na carne do porco, misturados com o suculento rosbife cortado, oferecem uma experiência de textura tão satisfatória quanto o sabor. É um dos pratos típicos italianos, ou melhor, um dos lanches típicos da Itália mais saborosos.

Porchetta di Ariccia
Porchetta di Ariccia

Porchetta Abruzzese

O Porchetta Abruzzesse é outro popular sanduíche italiano. Este clássico é típico da região italiana de Abruzzo, e muitas vezes é servido em food trucks (comida italiana de rua). Aliás, você pode experimentar o mais tradicional de todos enquanto celebra a Sagra della Porchetta Italica di Campli em Teramo, nos meses de agosto, onde ocorre um grande festival dedicado ao prato que muitas vezes é feito com erva-doce selvagem, sálvia e alecrim.

Porchetta Abruzzese
Porchetta Abruzzese

Panino al Prosciutto

Muitas vezes o simples é o melhor, e o Panino al Proscuitto é um ótimo exemplo disso. Ainda que possa levar queijo parmesão e tomate, a sua versão simples com o famoso e delicioso presunto italiano e pão crocante já é muito saboroso.

Se acaso você estiver fazendo um roteiro pela Itália e bater aquela fome, vá para qualquer supermercado ou mercearia e peça um Prosciutto, compre um pão concrante e pronto! Você tem um saboroso Panino al Prosciutto por um preço baixíssimo.

Panino Al Prosciutto
Panino Al Prosciutto

Mozzarella di Bufala e Pomodoro

Pode parecer uma mistura rara, mas quando mussarela de búfala, suco de tomate doce e um pão que absorva bem o molho se juntam, você cria um dos melhores lanches típicos da Itália.

Quer melhorar? Jogue azeite e polvilhe manjericão, o resultado é transcendental! Isto é, o panino dos sonhos. A mussarela de búfala, tradicionalmente produzida na região italiana da Campânia (em Salerno e Caserta), é um dos produtos mais valorizados do país. Aliás, na cidade costeira do Lácio, em Gaeta, você pode comprar sanduíches simples por três euros ou menos nas barracas de rua.

Panino Mozzarella di Bufala e Pomodoro
Panino Mozzarella di Bufala e Pomodoro

Puccia

A Puccia é um clássico lanche da Apúlia. É feito de massa de pizza recheada com carne e queijo e é particularmente popular na cidade de Lecce. Não só é um popular, como também uma delícia! Aliás, esse panini se popularizou rápido pela Itália, saindo da Puglia e chegando a Milão como uma opção de comida de rua.

Puccia, tradicional lanche da Apúlia
Puccia, tradicional lanche da Apúlia

Os pratos típicos da Itália

Escolher um prato típico na Itália vai depender, muitas vezes, da região em que você estará visitando. No entanto, sim, existem os mais conhecidos que se popularizaram não só no país, como também em muitos países (sobretudo os pratos com massas). Alguns exemplos são a pizza, a lasanha e a polenta. E não é à toa que esses pratos tenham tantas qualidades, já que são obras-prima da culinária mundial em sabor e simplicidade. Alguns pratos típicos italianos mais conhecidos são:

  • Risotto
  • Bistecca Alla Fiorentina
  • Pizza
  • Pasta
  • Gnocchi
  • Lasagna

Risotto

O risoto é um prato típico do norte da Itália que pode ser preparado de infinitas maneiras. Ainda que existam variações, uma coisa é certa, o risoto precisa ser cremoso e rico em queijos. É preparado com arroz típico do norte, como as variedades Arborio, Carnaroli e Vialone, e cozido lentamente em caldo (pode ser vegetal, de carne, de mariscos, frutos-do-mar, etc.).

Entre os pratos típicos da Itália está o risotto alla milanese, preparado com vinho branco, queijo parmesão, manteiga, cebola e açafrão. Este último lhe confere sua cor amarela. Fica lindo! Mas também pode ser feito com muitos outros ingredientes, como abóbora, radicchio vermelho, cogumelos, salsicha ou marisco.

Risotto
Risotto

Bistecca Alla Fiorentina

O bife florentino, isto é, o Bistecca Alla Fiorentina é um bife típico da cozinha italiana e muito tradicional da região da Toscana. Consiste em um corte de vitela ou filé de boi (carne bovina, geralmente da raça Chianina) muito grosso e com osso.

O nome deste filé vem da antiga tradição da cidade de Florença para celebrar a festa de São Lourenço, quando a família Medici, famosa na época do Renascentismo, costumava fazer todo dia 10 de agosto. Neste dia, toda a cidade era iluminada e uma abundante de carne era servida à população.

Bistecca Alla Fiorentina
Bistecca Alla Fiorentina

Pizza

A pizza é um prato que não pode ficar de fora quando falamos de comida italiana. Aliás, não só é um símbolo do país, como também foi reconhecida pela UNESCO como Patrimônio Cultural Imaterial da Humanidade.

E a concorrência é tão grande na Itália, que cada pizzaiolo tem seu próprio segredo e técnica. Ou seja, as pizzas não só variam na quantidade de farinha de trigo, água, fermento de cerveja e sal, além de levar recheios diferentes, como também no tempo de preparo, na temperatura e tempo de descanso da massa.

No final do século XVII foi criada a primeira delas em Nápoles, no sul da Itália, em homenagem à rainha da época Margherita di Savoia. Tem uma borda alta, chamada cornicione, e um centro mais baixo, aonde vai o recheio. É rigorosamente assada em forno a lenha.

Nem precisa dizer que é uma das comidas italianas mais consumidas no mundo, sobretudo na cidade em São Paulo (conhecida como capital da pizza no Brasil), devido à influência da imigração dos italianos na cidade.

Pizza Margheritta Napolitana
Pizza Margheritta Napolitana

Pasta

A Pasta é um ícone e um símbolo nacional, amado não só na Itália, mas também em todo o mundo. Com origens na Sicília, o prato não demorou muito tempo para expandir sua produção a outras regiões, sobretudo as de beira-mar, que na época possuíam portos e clima ideal para secar a massa. Entre as áreas mais famosas da pasta italiana estão Nápoles e Imperia.

Se acaso você gosta de espaguete, então Roma deve ser o seu destino. Se tornou capital do espaguete e como carro chefe leva o spaghetti alla carbonara, que fez história no país e hoje é uma das comidas típicas. Nasceu quase por acaso, da imaginação de um jovem cozinheiro de Bolonha, que acrescentou bacon com gema de ovo e queijo. Hoje esse prato da gastronomia italiana é bastante adorado.

É também na capital italiana que você pode comer o bucatini al cacio e pepe, feito apenas com manteiga, pimenta preta e queijo pecorino romano. O segredo é misturá-los nos momentos certos. Além destes pratos típicos italianos, vale a pena provar o penne all’arrabbiata, isto é, o macarrão com molho de tomate picante. Ah! E não podemos esquecer do macarrão à bolonhesa (conhecido como tagliatelle al ragù).

Tagliatelle al ragù
Tagliatelle al ragù

Gnocchi

O nhoque é outro conhecido e delicioso prato típico italiano. Gnocchi são pequenos pedaços de massa de batata misturados com farinha de trigo. Assim como a pizza, cada região tem sua própria variação, mas os ingredientes mais típicos são queijo (comumente o queijo pecorino romano), espinafre, ovos e uma diversidade de molhos.

A saber, a primeira receita oficial de nhoque é atribuída ao gourmet romano Marcus Gavius ​​Apicius, que remonta ao século I DC. É de espantar que a mesma receita deste século se parece com a atual, isto é, uma mistura de farinha de sêmola e água (ou leite), frita, temperada com mel e pimenta-do-reino.

Gnocchi
Gnocchi

Lasagna

Talvez um dos pratos típicos italianos mais conhecidos de todo o mundo, considerada comida afetiva por muitos, é difícil encontrar quem não goste. Originou-se na Itália na cidade de Nápoles durante a Idade Média. Uma das primeiras referências à lasanha moderna pode ser encontrada em um livro de receitas inglês do século XIV que destacava um prato com camadas de massa sem molho de tomate.

As origens da palavra lasagna remontam à Grécia Antiga. O que conhecemos como lasanha hoje é derivado da palavra “laganon”, que foi a primeira forma de massa já feita nesse formato. Laganon era uma referência a folhas planas de massa de macarrão cortadas em tiras finas.

Atualmente existem várias receitas diferentes, algumas levam molho de tomate ou molho bechamel (com noz-moscada), além de ser comum usar o proscuitto ou berinjela. É um prato que entra para a lista das comidas típicas mais amadas por toda a Itália e que faz parte da gastronomia italiana.

Lasagna
Lasagna

Doces típicos italianos

Os doces típicos italianos são deliciosas sobremesas, quiçá por usar ingredientes sempre frescos como a nata (creme de leite), ricota, mascarpone e frutas, os doces tem um sabor tão agradável aos seus pratos que é difícil encontrar quem não goste. Se você está em uma viagem pela Itália e vai em um restaurante, deixe um espaço reservado para a sobremesa, você não vai se arrepender.

  • Tiramissu
  • Cannoli Siciliani
  • Sbrisolona
  • Gelato
  • Panna Cotta
  • Babà

Tiramissu

O Tiramissu é um típico doce italiano servido em muitos restaurantes no país. É feito com biscoitos de mascarpone, marsala e savoiardi embebidos em café e, às vezes, podem levar licor.

Ainda que livros de culinária italiano não incluam o Tiramissu antes de 1980, quando se tornou uma popular sobremesa na Itália, alguns dizem que a receita teve origem no Renascimento. Seja como for, hoje ela é atribuída ao padeiro italiano Carminantonio Lannaccone, de Treviso, na Itália.

Tiramissu
Tiramissu

Cannoli Siciliani

O Cannoli Sicilliani é uma tradicional sobremesa italiana, e antiga receita, assada para o Carnaval na bela ilha da Sicília. Seu nome vem de uma cana de rio, que era usada para moldar a massa. O sucesso do Cannoli certamente vem pela mistura influências árabes, tradições culinárias convencionais e ingredientes locais como ricota, mel (agora substituído por açúcar ou pectina) e frutas cítricas cristalizadas.

A casta, também chamada de scorza, é uma massa frita recheada com uma mistura cremosa de ricota e açúcar. Hoje em dia existem uma variedade de sabores como, por exemplo, o creme de chocolate. O recheio também pode levar frutas cristalizadas, amêndoas ou pistaches picados. O segredo do cannolo perfeito? Deve ser recheada imediatamente antes de servir, para evitar que a escórza fique empapada.

Cannole um dos mais saborosos doces típicos italianos.
Cannoli é uma das sobremesas mais conhecidas e amadas da tradição siciliana.

Sbrisolona

Originário de Mântua, uma antiga cidade governada pela família Gonzaga no século XVII, a Sbrisolona é uma receita humilde feita com ingredientes locais comuns: farinha de milho, avelãs picadas rusticamente e nata (ou creme de leite).

Atualmente, além dos ingredientes de origem, também é adicionado uma quantidade generosa de manteiga e, para dar um toque cítrico, raspas de limão para acabar. O resultado? Um doce com textura irregular icônica e uma explosão de sabor. A Sbrisolona deve ser comida quebrando-a em pedaços à mão. Vai super bem com a Grappa, vinho tinto ou doce.

Sbrisolona
Sbrisolona

Gelatto

A artesanal receita típica da Itália, que se assemelha ao sorvete comum, é algo que todo o mundo ama. Geralmente feita com ingredientes naturais e frescos, o gelatto tem uma textura diferente do sorvete industrial e um saber intenso. Além da textura, é também um pouco mais leve e cremoso.

Você vai encontrar os gelattos em qualquer restaurante de pratos típicos italianos ou lojas artesanais.

Gelatto Italiano
Gelatto Italiano

Babà

Você gosta de pão de ló? Então o Babà é uma versão mais macia e arejada embebida em calda ou rum, assado na tradicional forma de anel ou com seu peculiar formato de cogumelo. É uma das comidas típicas da Itália mais apreciadas por sua população e que agrada o paladar de muitos. Apesar de suas origens polonesas (babka ponczowa era o nome de um bolo criado por Stanislaus Leszczyński, o rei exilado da Polônia), o babà é comumente considerado na Itália como um símbolo da herança culinária e cultural napolitana. Dizer a alguém que você ama “você é um babà”, significa que eles são muito doces e gentis.

Babà italiano
Babà italiano

Por que as comidas Italianas são gostosas?

As comidas italianas sempre tiveram uma ótima reputação em todo o mundo. Aliás, a sua fama e sabor não foi conhecida somente pelo efeito da globalização, mas já era admirada por várias escolas gastronômicas desde os séculos XV e XVI, anos em que, com o Renascimento italiano, a tradição da culinária italiana ascendeu ao topo da gastronomia mundial.

A razão para isso é que as comidas italianas possuem uma série de características típicas e diferenciadoras que as tornam facilmente distinguíveis e, ao mesmo tempo, difícil de imitar. Isto é, costumam utilizar verduras e alimentos frescos, geralmente acompanhadas de massa, queijos e vinhos, além de combinar antigas receitas e conhecimentos romanos, gregos e etruscos.

Veja onde comer pizza em São Paulo

Perguntas Frequentes

O que os italianos costumam comer no almoço?

Almoços rápidos na Itália incluem panini e pizza como comidas típicas. No entanto, os italianos preferem sentar e comer macarrão, nhoque, alguma proteína, sopa ou legumes como refeições completas na hora do almoço.

O que os italianos comem geralmente?

As comidas italianas mais comuns incluem massas, queijos, legumes, azeite, carnes e vinho. Ademais, os italianos dão muita importância aos ingredientes frescos em suas dietas.



Robba Caravieri
Aos 40 anos deixei meu país, o Brasil, para descobrir o mundo. Escolhi Barcelona para ser minha casa por enquanto, mas sou De Lugar Nenhum.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Navegue

Posts Relacionados


Fique por dentro

Inscreva-se na nossa newsletter e receba sempre em seu e-mail todas as novidades, promoções e dicas.
Basta digitar seu e-mail no campo abaixo e pronto!

© 2022 De Lugar Nenhum. Todos os direitos reservados.