roteiro-de-viagem-italia-de-lugar-nenhum (1)

Se você está procurando um roteiro de viagem pela Itália um pouco maior, em torno de duas semanas, vamos te contar a nossa experiência pra lá.

Vamos dizer também que essa viagem para a Itália de 15 dias foi muito cansativa, mas que, ao mesmo tempo, valeu muito a pena. No decorrer do artigo você vai saber o motivo.

Então, continue lendo e descubra esse país incrível junto conosco!

WALKING TOUR ROME | CAMINHANDO EM R...
WALKING TOUR ROME | CAMINHANDO EM ROMA | PT I

O início do roteiro de viagem para a Itália

O princípio dessa viagem, foi porque tínhamos uma passagem que compramos em promoção para Roma. Já estivemos na cidade antes, por isso, o planejamento não inclui muitos dias por lá. Mas você precisa sim conhecer Roma, não deixe de fora da sua viagem!

A partir disso, começamos a planejar conhecer outras cidades, como Pisa, Firenze e Napoli. A idéia inicial era conhecer a fundo um pouco mais de tudo, a arquitetura, a gastronomia, os ares diferentes de cada cidade, pois, a Itália é um país com muita diversidade cultural.

Sendo assim, adicionamos essas e ainda aproveitamos para conhecer Pompeia e a Costa Amalfitana.

Roma e Napoli

Coliseu em Roma
Uma das construções mais visitadas de Roma, o Coliseu, palco de grandes batalhas.

Tínhamos uma passagem aérea de “Barcelona – Roma – Barcelona” que pagamos €25.00 ida e volta. Como decidimos incluir as outras cidades no roteiro, os planos começam então a mudar um pouco.

Pra alterar esse bilhete ia sair um pouco caro, sendo assim, decidimos fazer o trajeto interno no país, no nosso roteiro de viagem pela Itália, através de trem. Todo mundo pensa que viajar na Europa de trem é romântico e luxuoso, mas isso é somente o que você vê nos filmes.

Fomos então de Roma para Napoli, com a “Trenitalia” por uma tarifa de €12.65, relativamente barata. Aliás, esses trajetos de trem dentro da Itália são super comuns, tanto feito pelos turistas, quanto pelos moradores.

A duração da viagem foi de cerca de uma hora e meia, isso contando também com os transportes que usamos internamente nas cidades. Mas isso se for de trem rápido. Com o trem normal, você vai levar cerca de três horas.

De onde sai o trem para Napoli?

Em Roma, a estação de trem principal é Termini. Ela é gigante, se parece muito com um aeroporto e abriga as saídas de trem para quase todas as regiões italianas e até para fora do país.

Na estação, caso você tenha pouco tempo, você vai encontrar banheiros, restaurantes, cafés, lojas e tudo que precisa caso tenha que ficar por lá algumas horas. Só veja com atenção de onde sai o seu trem, a plataforma correta, pois, como a estação é gigante, tem muito risco de você se atrasar.

Dá pra planejar um roteiro de viagem Itália partindo dali, facilmente.

Os trens são muito pontuais e é sempre bom estar na plataforma, com 15 minutos de antecedência, pronto para embarcar.

Chegada em Napoli

Após passear bastante por Termini em Roma, chegou o momento de tomar o trem e ir pra cidade de Napoli.

Você pode tomar um choque, pois Napoli é uma cidade barulhenta, bagunçada, um pouco suja e para alguns é considerada feia. Nossa sensação era de estar chegando ao centro da cidade de São Paulo. Mas sem julgamentos, a cidade tem seus encantos sim.

Quando estamos viajando a última coisa que devemos levar na mochila são os pré julgamentos, certo? Todo lugar tem seu encanto, sua particularidade e muita coisa legal para conhecer. E foi isso que fizemos, tiramos isso da cabeça e partimos a conhecer a cidade.

O que fazer em Napoli?

Vamos ser breves, pois detalhamos bastante essa parte da viagem no post “O que fazer em Napoli?“. Não deixe de ir lá conferir.

Estação Toledo, Nápolis - De Lugar Nenhum
Estação Toledo, Nápoles

Em Napoli, fizemos uma reserva em um Airbnb, que era uma casa, com dois quartos. Em um dos quartos, tinha uma família de ucranianos que vivam em Milão. Eles estavam viajando por todo o país de carro.

Conhecê-los foi uma experiência incrível: eles dividiram um pouco da experiência conosco de como era percorrer o país em quatro rodas e família.

Em seguida, na manhã do dia posterior, decidimos caminhar pela cidade, pegar metrô e viver um pouco a experiência napolitana.

Ver como funciona tudo, realmente é a parte encantadora de uma viagem. Nossa primeira parada foi a Estação Toledo, linda por sinal.

A sensação de estar dentro dessa estação é como se você estivesse no fundo do mar. Tudo azul cheio de pedrinhas, realmente é uma sensação incrível para tirar a impressão ruim que tivemos no dia anterior. E vamos repetir. Toda cidade tem seu encanto, não se esqueça disso!

Nesse dia caminhamos muito pela cidade, comemos, tomamos muito café e apreciamos a vida dos napolitanos, em geral.

Alguns lugares que você deve visitar:

  • A Trattoria Toledo, que fica ali pertinho da estação. Coma massa! Carne por lá é super cara!
  • Em seguida, vá para a Piazza Garibaldi
  • Conheça o centro comercial, na estação na Piazza Garibaldi
  • Entre em todas as igrejas que encontrar pelo caminho. Tem muita história nelas!
  • Visite a Catedral de Napoli, onde tem o Duomo

Pizzarias em Napoli

É por isso que estamos aqui. É isso que você espera da cidade, certo? E ela não poderia faltar no nosso roteiro de viagem pela Itália.

A massa, tradicional e diferente da que conhecemos no Brasil, o molho de tomate, por exemplo, é sempre artesanal. As pizzas são a jóia do país.

Se prepare para comer as melhores pizzas da sua vida. Algumas pizzarias que comemos:

  • Da Michele (via Cesare Sersale 1/3)
  • Logo depois, a Sorbillo (via dei tribunali 32)
  • Starita (via Materdei 27-28).

No total, ficamos 1 dia em Roma e 2 na cidade de Napoli.

Pompeia

Saindo de Napoli, pegamos carona com o casal de Ucranianos do Airbnb, lembram? Eles iam pra lña no mesmo dia que a gente e dividimos o combustível e estacionamento. Fazer amizade durante um roteiro de viagem é incrível!

Se você pensa em alugar carro na Itália, já prepara o bolso, pois os estacionamentos são caros, e é bem difícil dirigir por lá, as ruas são geralmente muito estreitas e eles dirigem como uns loucos. Você pode fazer sua reserva utilizando a RentCars.

Contratamos a visita guiada por Pompéia e foi somente um sucesso. Era verão e o calor estava fortíssimo, sempre ficávamos à procura de uma sombra.

Sobre Pompéia

Ela era uma cidade do Império Romano, e está a 22km de Nápoles. A cidade foi destruída por uma grande erupção do vulcão Vesúvio, no ano de 79 d.C.

Ainda assim, diferentemente do que aparece em filmes, a cidade não foi dizimada por larvas sendo expelidas do vulcão não (sei que você já estava com essa imagem na cabeça).

Ela foi sepultada por uma nuvem de poeira, e ficou soterrada por essas cinzas por aproximadamente 1.600 anos, até ser reencontrada por acaso em 1748 por um arqueólogo.

Pompeia é classificada como Patrimônio Mundial pela UNESCO, todos os anos são mais de 2 milhões de turistas, é um dos pontos turísticos mais visitados na Itália e vale MUITO a pena andar por lá o dia inteiro!

Sobre o Vesúvio

roteiro de viagem pela Itália - vesúvio - de lugar nenhum
O Vesúvio pode ser visto de quase qualquer lugar!

Logo após, saindo do Parque de Pompeia, tentamos subir no Vesúvio.

Eles têm uma van que te leva desde o parque até quase o topo. Mas fomos em uma quarta-feira, e não tinha essa van, então subimos até uma estação na metade do vulcão onde tem uma lojinha com as vans que te levam do meio do Vesúvio.

Em seguida, tínhamos que andar mais 20 minutos, perguntamos o preço, e se eu me lembro era como 20 euros por pessoa.

Costa Amalfitana

Em seguida, vamos falar do que não te dizem sobre a tão famosa Costa Amalfitana? Que você tem que ter muito dinheiro!

Sei que você deve estar pensando que para qualquer viagem se precisa de dinheiro. Mas na Costa Amalfitana, você paga até para pisar na areia da praia!

Por lá, eles têm um serviço que chama “Beach Club” que nada mais é que uma empresa que coloca cadeiras e guarda-sóis na areia, e se você quiser entrar na praia, você tem que pagar. O preço é de €15.00 por cadeira. Se quiser um guarda-sol, tem que pagar mais €10.00.

Chegando na Costa Amalfitana – Roteiro de Viagem para Itália

Como estávamos na alta temporada, era verão, e os transportes são caóticos. Bem como, para chegar nesses lugares, você tem 3 opções:

  • Carro: dá medo só de ver os italianos dirigindo, eles conduzem rápido numa rua onde só passa um carro por vez. Além disso, o problema pra estacionar é grande e sempre caríssimo.
  • Trem+Ônibus: é a maneira mais barata. O custo é de, por exemplo, €2.00 por pessoa. Duas horas de viagem
  • Barco: Essa é a opção mais cara, mas é a que você consegue desfrutar de verdade do lugar.

Se você quer conhecer esses lugares como Sorrento, Positano e Amalfi, saiba que você tem que guardar dinheiro para fazer o tour de barco, pra não ter stress e ter certeza que você entrará na água.

Em breve contaremos a outra parte dessa viagem, para Piza e Firenze e claro, vamos falar mais sobre Roma!

Veja nossos outros artigos sobre a Itália



Robba Caravieri
Aos 40 anos deixei meu país, o Brasil, para descobrir o mundo. Escolhi Barcelona para ser minha casa por enquanto, mas sou De Lugar Nenhum.

2 Responses

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Navegue

Posts Relacionados


Fique por dentro

Inscreva-se na nossa newsletter e receba sempre em seu e-mail todas as novidades, promoções e dicas.
Basta digitar seu e-mail no campo abaixo e pronto!

© 2022 De Lugar Nenhum. Todos os direitos reservados.