Aventuras em Marselha, na França.

Nossa amiga Vitória esteve na cidade de Marseille, na França, e nos contou como foi sua experiência, o que achou da cidade e as dicas para aproveitar da melhor maneira! Se acaso você está planejando visita Marselha, mas não sabe muito bem o que fazer por lá, veja estas dicas que preparamos.

Marseille (Marselha, em português) é a segunda maior cidade da França, e está localizada na costa do Mediterrâneo no sul do país. Tem clima temperado e é a capital mais ensolarada do estado, tornando-se um destino popular no verão, principalmente, mas agradável também em qualquer outra época do ano. A história de Marselha remonta a 600 A.C., então prepare-se para ver ruas antigas, castelos, igrejas e museus.

Mais recentemente, a cidade sediou muitas corridas de ciclismo internacionais populares, partidas de futebol e eventos esportivos. Entrando para a lista de cidades queridas pelos europeus.

Sobre Marseille

Por ser uma cidade portuária, toda a cidade de Marseille foi construída em torno do porto. De fato, o Marseille-Fos é o principal porto comercial da França.

O porto, natural e cênico, faz com que a cidade seja feita para passear. Não só no centro histórico, como também nos bairros mais afastados, encontramos estilos arquitetônicos misturados, e belos. Além disso, é uma cidade perfeita para quem gosta de contemplar o mar. Não atoa, essa região se chama Costa Azul.

Porque ir para Marseille?

Marseille possui a agitação de Paris com a beleza provençal. Por isso, se você busca ao mesmo tempo por aventuras e uma vida boêmia, comendo e bebendo bem, Marseille é certamente um bom destino.

Além disso, Marselha é uma cidade multicultural, onde o moderno e o rústico se misturam e convivem bem. Possui uma atmosfera descontraída e leve, dotada de uma beleza natural inegável.

Por fim, Marseille é um destino ideal se acaso você deseja ficar de três a quatro dias. Mas atenção, pois ainda que não seja tão cara quanto Paris, tampouco é um destino muito econômico. Os preços estão em linha com os italianos, mas variam muito conforme o período que você visita.

Qual é o plano para Marseille?

Com intuito de aproveitar a diversidade arquitetônica e cultural da cidade, recomendamos desfrutar com luxo e um pouco de perrengue. Ou seja, está bem alugar apenas um quarto de Airbnb para poder caprichar nas experiências da cidade. Isso inclui comer muitas ostras e queijos em Marseille, bebendo um bom espumante, e andar de caiaque nas calanques francesas.

Quando é melhor visitar Marseille?

Por ser uma cidade litorânea, nada melhor do que aproveitar os meses quentes e as praias com formatos únicos. Até porque vinho branco ou rosê geladíssimos são a combinação perfeita para se refrescar no calor de quase 40 graus úmidos da Europa durante o verão.

Porém, se você não é fã do calor, entre março e maio, ou entre setembro e outubro são uma boa opção. Dessa forma, dá para aproveitar a cidade com mais calma, tanto em relação ao calor como em relação aos turistas.

Como chegar até Marselha?

Se acaso você está na região da Catalunha, basta pegar um ônibus em Barcelona, numa sexta à noite, para chegar no sábado pela manhã, e aproveitar o dia.

Caso contrário, Marseille possui aeroporto e opera nas principais cidades da Europa. O aeroporto de Marselha fica a 27 km do centro da cidade, então sua viagem levará cerca de 30 minutos com trânsito normal. Sua segunda opção direta é pegar o ônibus do aeroporto. Os bilhetes custam apenas 8,30 € só de ida e a sua viagem demora 30 minutos até à estação ferroviária de Saint Charles, em Marselha.

Principais Pontos turísticos de Marseille

Aconselhamos você a ficar no centro da cidade, pois fica apenas há alguns minutos dos seguintes pontos turísticos:

  • Catedral de Marseille (Cathédrale La Major)
  • Museu das Civilizações da Europa e do Mediterrâneo (Mucem).
  • Vieille Charite
  • Basilica de Notre-Dame de Garde
  • Abadía de São Victor

Nossa segunda dica é fazer uma compra em qualquer mercado e preparar a mochila térmica com bebidas e comidas. Uma vez feita as compras, caminhe pela cidade.

Compras feitas, que comece a aventura! O que fazer em Marseille?

Na cidade, a melhor opção de transporte são os patinetes elétricos. Dessa forma, você aproveita o sol e o clima. Para alugar o patinete elétrico, você deverá encontrar alguma agência da cidade. Deixamos aqui a tabela de preços:

Tempo de AluguelPreço por Pessoa (€)
1 hora de aluguel10,0
2 hora de aluguel19,0
4 hora de aluguel30,0
Preço do aluguel de patinete eletrônico em Marseille por pessoa.

Sua primeira parada pode ser o Vallon des Auffes, um pequeno porto de pescadores locais que possui uma ponte. Essa ponte dá uma vista incrível dos barcos e dos restaurantes.

Vallon des Auffes, em Marseille, na França.
Vallon des Auffes em Marselha, França.

Em seguida, desça pelas vielas até a piscina do Vallon des Auffes, que é uma piscina de água salgada construída com as rochas locais. Você verá como a cor da aguá chamará sua atenção. É de impressionar o azul inexplicável e sua transparência.

Aguas de vallon, em Marselha.
Aproveitando Marseille em um dia de Sol.

Nossa dica número três é que você fique a tarde na piscina, com as comidas e os vinhos comprados no mercado.

As Calanques

As calanques são espécies de fiordes, penhascos ou grandes cânions que se abrem para trechos de mar, formando uma espécie de baía com paredões de pedra. Estão localizados no mar mediterrâneo. Algumas calaquens estão em Marseille, e recomendamos que você pesquise a melhor forma para você chegar elas.

Existem dois jeitos de se aventurar pelas Calanques: 

  • Por terra, através de trilhas.
  • Por mar, que você pode ir de diversas formas como, por exemplo, barco ou caiaque (no caso, a nossa opção)

A seguir, comentamos como chegar de caique.

Como é ir de Caiaque?

Existem opções de trajetos de caiaque, que você poderá escolher quando estiver por lá. Recomendamos fazer um trajeto de caiaque de “meio-dia”. O trajeto dura em torno de 5h e conta com um descanso ao chegar na praia da calanque.

Além deste trajeto, existem outros em que você poderá explorar mais de uma calanque, e que durará em torno de 6 a 8h. 

Se acaso você estiver apenas alguns dias, é melhor fazer essa aventura pela manhã, pois você poderá aproveitar a gastronomia de Marseille pela tarde.

Conhecendo Cassis

Cassis é um local de turismo na Provença, e uma das mais belas aldeias de lá. O seu pequeno porto pitoresco é o centro nevrálgico desta pequena aldeia. Com os seus muitos bares e restaurantes ao longo do cais, torna-se uma paragem obrigatória quando visitamos Marselha.

Para ir até Cassis, basta pegar o metrô e depois um trem para a estação de Cassis.

O trajeto de Marselha até Cassis dura, em média, 19 minutos de trem. Os serviços mais rápidos podem levá-lo até lá em menos de 17 minutos. Normalmente, você encontrará 30 trens por dia percorrendo a rota de 16 km entre esses dois destinos.

Metro de Marseille a Cassis, na França.
O metrô, retrô.

A nossa dica número 4 é combinar com os atendentes da companhia de caiaque de se encontrar na estação. Já que é necessário caminhar cerca 30min até o centro de Cassis. Chegando na praia, você fará um leve alongamento com o grupo, e irá direto para o mar. E não se preocupe com o idioma. Se acaso você não falar francês, o instrutor será muito amável e irá traduzir tudo para o inglês. 

Prepare-se, pois a água estará bem gelada. Porém, perfeita para os mais de 30 graus às 9 da manhã. O instrutor sempre acompanhará o grupo para certificar que todos estão bem.

O trajeto começa no porto da calanque de Port-Miou, passando por Port Pin e, finalmente, parando na prainha da calanque d’En Vau. Nesta parada podemos descansar e aproveitar o mini paraíso.

Recomendações de acessórios para esse tipo de viagens

Como as praias de lá são de pedras, e não areia, sempre vá com um tênis ou um sapato próprio de praia, assim você poderá pisar com tranquilidade e sem medo de se machucar.

Também vale a pena levar capinhas de celular à prova d’água. Tudo isso você pode encontrar por um preço razoável em lojas como a Decathlon.

Mas Vitória, até agora só perrengue e aventura. Cadê o luxo?

Calma, apreciamos nosso momento Dora Aventureira com a aventura. Ao voltar para Marselha, você poderá viver o grande momento: comer como rainha. 

Antes do jantar, pare no Bar des 13 Coins. É um “boteco” no final da Rue du Panier, uma rua cheia de restaurantes e bares que colocam as mesas na calçada (do jeito que a gente gosta).

E assim aproveite para ver a vida passar e tomar o famoso Pastis, um aperitivo francês feito a partir da maceração de flores e ervas e com a adição final de anis.

Onde comer em Marseille, na França.

Por ser bem alcoólico (entre 40 e 45% de álcool), a bebida é servida de uma forma parecida ao absinto: 1 parte de pastis para 5 a 7 partes de água gelada. É uma experiência deliciosa para quem gosta de bebidas de erva, com um fundinho doce. 

E para deixar esse saco sem fundo, que chamamos de estômago, feliz, comer frutos-do-mar até não conseguir mais. 

Tem vontade de conhecer a Disneyland Paris?

A melhor hora: comida!

Após dar uma olhada nas várias opções que encontrará no Google Maps, dê uma oportunidade ao restaurante Entre Terre & Mer, que possui boas recomendações e um preço justo para Marseille.

Peça o menu degustação, composta por ostras, camarões, mexilhões, búzios (um tipo de caracol marinho) e amêijoas (um tipo de molusco). Tudo isso acompanha pães e manteiga. Afinal, quem diz não para um pão e uma manteiguinha francesa não é mesmo?

Coma até falar “não dá mais”. Com um bom vinho branco para acompanhar, termine o seu dia caminhando até sua hospedagem para fazer a digestão e veja um pouco da vida noturna da cidade. 

Mais fotos:

Enfim, essas foram as dicas do que fazer em Marseille da nossa querida amiga Vitória. Espero que você tenha gostado! Deixamos aqui um resumo dessa experiência maravilhosa:

Quais os principais pontos turísticos de Marselha?

A Catedral de Marselha, o Mucem, o Vieille Charite, a Basilica de Notre-Dame de Garde e Abadía de São Victor são alguns exemplos.

Qual a melhor época para visitar Marselha?

Entre março e maio, ou entre setembro e outubro são uma boa opção. Dessa forma, dá para aproveitar a cidade com mais calma, tanto em relação ao calor como em relação aos turistas.

Porque visitar Marselha?

A cidade tem a agitação de Paris com a beleza provençal. Além disso, Marselha é uma cidade multicultural. Por fim, Marselha conta com um porto natural, e histórico, então prepare-se para ver ruas antigas, igrejas e museus.

Até a próxima! 

Elizabeth Werneck nossa parceira, falou no site dela, sobre 10 cidades francesas imperdíveis, corre lá pra ver!



48 respostas

  1. Uau! Já tinha ouvido falar bem dessa cidade, mas esse post me deu muuuuita vontade de conhecer! Saudades da Europa, saudades da França! Saudades do mundo! 😍😍😍😍

  2. Eu sou suspeita pra falar de França, sou apaixonada por cada canto desse país. Esse seu post me deixou morrendo de vontade de me teletransportar para Marseille agora … rs

  3. Que delícia Marseille! Já passei alguns dias na Cote Azur e o que mais gostei foi dos calanques, que são fantásticos. Marseille é uma das principais portas de entrada no sul da França devido aos seus vindo de Paris. Li que vocês pegaram um ônibus em Barcelona, que deve ter sido bem economico.

  4. Adorei as dicas de Marseille.

    É um destino que ainda não tinha pensado em conhecer na França, mas vendo tudo de bom que há por lá, sem dúvida fará parte do meu roteiro!

    Litoral e comilança boa é uma combinação que não tem como dar errado, né?! hehehe

    Obrigado!

  5. Oi ! Estou orgulhoso de saber que você gosta Marseille. Marseille é minha cidade, eu nasci aqui e é uma maravilha neste país. A Côte d’Azur em geral é uma região magnífica e vale a pena ser conhecida. É ótimo trazer um pouco de alegria brasileira em minha casa, mais somos a cidade do futebol neste país !!!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Navegue

Posts Relacionados


Fique por dentro

Inscreva-se na nossa newsletter e receba sempre em seu e-mail todas as novidades, promoções e dicas.
Basta digitar seu e-mail no campo abaixo e pronto!

© 2022 De Lugar Nenhum. Todos os direitos reservados.