Mar Morto, Israel

Se você está pensando em visitar Israel, mas está em dúvida se vale a pena, então deixe de lado sua preocupação. Já adiantamos que sim, vale, e muito! Afinal, Israel oferece uma infinidade de locais históricos e religiosos, resorts de praia, passeios naturais, turismo arqueológico, turismo patrimonial, turismo de aventura, ecoturismo e muitas cidades turísticas. Ou seja, o turismo de Israel vai muito além do religioso. E, para ajudar você a conhecer mais de Israel, e os lugares que visitar, preparamos as informações mais importantes o que o país tem de melhor. Vamos lá?


Porque visitar Israel?

Uma viagem para Israel vale o seu tempo. Isto é, os seus pontos turísticos, que variam de ruínas bíblicas a fortalezas das Cruzadas, memoriais da Segunda Guerra Mundial e cidades cosmopolitas são, de fato, de tirar o fôlego. Ademais, Israel também é fácil de visitar já que seu excelente sistema de ônibus coloca qualquer cidade ao seu alcance.

Quer mais? Além disso, o país não tem grandes dimensões como o nosso Brasil. A saber, a sua extensão territorial é de, apenas, 22.072 km². Isso, na verdade, é uma vantagem turística e significa mais facilidade para visitar os pontos mais legais de lá. Sendo um país de tamanho pequeno, as atratividades de interesse não ficam muito longe umas das outras.

Portanto, a sua viagem pode ser bastante proveitosa e muitos locais poderão ser vistos em pouco tempo.

Quando visitar Israel?

A melhor época para visitar Israel é, normalmente, durante a primavera (de março a maio) ou durante o outono (de setembro a novembro). Nesses meses você provavelmente encontrará menos multidões, acomodações mais baratas e o melhor clima (mesmo para ir à praia). Na primavera você encontrará temperaturas entre 16 °C a 35 °C dependendo da cidade que visitar. Já durante o outono as temperaturas são de 19 °C a 32 °C.

Se acaso você gosta de frio, saiba que os invernos em Israel são amenos. No entanto, certas áreas, como Jerusalém, podem experimentar temperaturas baixas de até 4 °C ou, no topo do Monte Hermon, há frio o suficiente para operar um resort de esqui.

Quanto tempo ficar em Israel?

De oito dias a duas semanas são, provavelmente, o melhor período de tempo para ter uma boa ideia de Israel. Assim, você poderá fazer uma excursão, ou passear, nos principais destinos turísticos como, por exemplo, Jerusalém, Galileia, Mar Morto e Tel Aviv.

É caro visitar Israel?

O preço médio de uma viagem de 7 dias para Israel é de U$ 2.190 para um viajante individual, U$ 3.160 para um casal e U$ 3.535 para uma família de 4 pessoas. Os hotéis de Israel variam de U$ 70 a U$ 423 por noite, com uma média de U$ 162, enquanto a maioria dos aluguéis de férias vai custar U$ 180 a U$ 710 por noite para toda a casa.

Agora, se falamos em viver em Israel, saiba que o custo de vida por lá é o sétimo mais alto do mundo, ficando lado a lado com países caros como Singapura, Luxemburgo e Hong Kong (de acordo com um ranking baseado no banco de dados global de crowdsourcing Numbeo para 2022).

Qual é o lugar mais visitado em Israel?

Com 3,5 milhões de turistas que visitam o país todos os anos, Jerusalém é a cidade mais visitada do país. Jerusalém está entre as cidades mais antigas do mundo, é a capital de Israel e também a maior cidade do país, desde que a população e a área de Jerusalém Oriental estejam incluídas.

Quais os lugares turísticos de Israel?

Os lugares turísticos de Israel são Jerusalém, Haifa, Nazaré, Jaffa, o Mar Morto, Belém, parque Timna, o Mar da Galileia, Massada, o monastério de Mar Saba, Beith Shean e Akko.

Quais os lugares sagrados de Israel?

Alguns lugares sagrados de Israel são os Jardins Baha’i e Domo Dourado, mar da Galileia, o muro das Lamentações, a Igreja da Anunciação e a vila de Nazaré, Yardenit a Sinagoga de Abuhav, a Basília do Santo Sepulcro, as Bodas de Caná e o Túmulo do Jardim.

Bom, agora que você sabe um pouco mais sobre o país, vamos conhecer os lugares incríveis em Israel!

Quais cidades conhecer em Israel?

Já deu para perceber que podemos visitar todo o Israel, não é mesmo? E não falamos isso por acaso, já que existem inúmeras razões e lugares incríveis por lá. Afinal, Israel é um país de imensa beleza natural, cultura, história imbatível e pessoas incríveis. No entanto, as cidades turísticas de Israel que você não pode deixar de visitar são:

Tel Aviv

A apenas 60 quilômetros da histórica e conservadora Jerusalém está uma cidade que exala pura modernidade, Tel Aviv. Esta jovem cidade às margens do Mediterrâneo tornou-se o motor industrial e financeiro de Israel, além de um destino turístico aberto ao mundo.

Em Tel Aviv impera o urbanismo, ou seja, tudo de mais moderno se estabelece ali. Estando na cidade você pode visitar os pontos de maior interesse, inclusive as praias se o tempo permitir.

Alguns passeios em Tel Aviv são:

  • Porto de Jaffa: espaço interessante para quem gosta de cultura e pontos históricos. Afinal, é conhecido como um dos portos mais antigos do planeta.
  • Old Jaffpa: é a cidade antiga que originou Tel Aviv. O curioso são as ruas de pedras com vários ateliês artísticos.
  • Tour gastronomico por Tel-Aviv
  • Passear a pé: em Tel Aviv você pode fazer passeios a pé com guias. Estes tours são organizados pelo município e oferece opções como sítios arqueológicos, jardins, mercado de pulgas, bares ou arte de rua.
  • Hayarkon Park: passe o dia bem próximo do verde e da diversão. Este local oferece quadra de basquete, parede de escalada e trilha. Situa-se ao norte de Tel Aviv. 
  • Praias em Tel Aviv: você pode tirar um tempo para conhecer as praias. As mais procuradas são a Gordon, Banana Beach, e  praia Frishman.

Praias de Tel-Aviv em Israel.
Praia na cidade de Tel Aviv.

A lista não para por aí e há muito mais. Museus, cinemas, teatros, restaurantes, e até uma antiga estação de trem que virou centro comercial chamada Hatachana Train Station. Para conhecer Tel Aviv da melhor maneira, recomendamos fazer um passeio guiado.

Jerusalém 

Jerusalém é a cidade mais sagrada do mundo, isto é, sagrada para judeus, cristãos e muçulmanos. Um exemplo é a cidade velha de Jerusalém, que abriga o Muro das Lamentações, a Igreja do Santo Sepulcro e a Mesquita Al-Aqsa. Qualquer um que siga essas três fés está, portanto, instantaneamente interessado em visitar Jerusalém.

Acima de tudo, Jerusalém surpreende pelo reconhecimento histórico e lugares sagrados que a caracteriza. Jerusalém é mágica, é mística e surpreendente. As principais atratividades estão vinculadas à religiosidade e à história do mundo. Ou seja, a melhor forma de conhecer Jerusalém é através dos  caminhos santos, percorridos por Jesus e seguindo os vestígios das antigas tradições.

Entre as atrações mais buscadas em Jerusalém, estão:

  • O Muro das Lamentações
  • Parte do que restou do Templo de Salomão
  • Ver o pôr do Sol no Jardim das Oliveiras
  • Percorrer a Via Sacra de Jerusalém, caminho por onde passou Jesus carregando sua Cruz. 

jerusalém - israel - de lugar nenhum
Muro das lamentações, em Jerusalém.

O melhor mesmo é adquirir um pacote de visita guiada, em uma das diversas agências de turismo local. Estes passeios levam aos lugares mais inusitados desta terra e geralmente incluem tanto a parte velha quanto a nova da cidade. 

A cidade também conta com diversos museus como o do Hocausto ou o museu de Israel, o Santo Sepulcro, a Esplanada da Mesquita, a Igreja das nações, Getsêmani, Torre do Museu de Davi, mercados, restaurantes e muito mais!

Haifa

Haifa é uma cidade israelense bastante desenvolvida. Sua maior atração está nas praias. Não há quem faça viagem a Israel sem dar um pulo nas praias de Haifa. Além disso, Haifa desempenha um papel importante na economia de Israel. Abriga o Matam, um dos maiores e mais antigos parques de alta tecnologia do país além de possuir o único sistema subterrâneo de trânsito rápido localizado do país, conhecido como Carmelit.

Para conhecer bem a cidade vale a pena realizar uma excursão. Os pacotes locais incluem vários passeios como, por exemplo, os jardins de Bahai.

Neste trecho do litoral, além do banho de mar, são comuns os esportes aquáticos, principalmente surfe e navegação à vela. Mas, a cidade também possui muitas atratividades culturais. Há museus e, sobretudo, o Santuário do Bab, um monumento da religião monoteísta Bahá’í. 

Haifa, uma cidade de Israel.
Visitando Haifa você ganha essa paisagem.

Belém

Belém é um importante centro de peregrinação cristã. Tem como principal atração a Igreja da Natividade, construída sobre o local onde se diz que Jesus Cristo nasceu. O imponente complexo da igreja, com o seu significado histórico de longo alcance, e a movimentada vibração do mercado do bazar fazem deste o destaque número um da Cisjordânia.

Além da igreja, tem também a Capela da Gruta do Leite – que passou para a história como local sagrado. Segundo contam, nesta gruta Maria, Mãe de Jesus, amamentou Jesus e um pingo de leite caiu no chão, originando uma rocha branca como o leite.

Há também o Campo dos Pastores, um local onde um anjo anunciou aos pastores o nascimento de Jesus e os convidou a visitá-lo. Ali, construído, sobre rochas, está o Santuário “Glória em excelsis Deo”. O trajeto até este campo é cercado por ciprestes e muitos pinheiros. O Santuário conta com cúpula de vidro, feita de forma a permitir que um feixe intenso de luz solar entre no interior da construção.

Embora muitos viajantes visitem Belém apenas como uma viagem de um dia de Jerusalém, a cidade é um excelente lugar para se basear para excursões pela zona rural circundante, com seus mosteiros bizantinos e locais relacionados a eventos retransmitidos no Novo Testamento.

Jericó

Jericó fica situada na Cisjordânia e também faz parte do turismo religioso de Israel. Está localizada a 13 quilômetros do Mar Morto e fica às margens do Rio Jordão. Está construída em uma encosta e oferece vistas fantásticas sobre o vale e as montanhas circundantes.

Um passeio legal é subir a bordo de um jipe ​​para visitar uma fazenda de café, descobrir cachoeiras escondidas, observar pássaros ou admirar o cânion do Rio Cauca.

E o que ver em Jericó? Bom, Jericó é a cidade mais antiga do mundo! Calcula-se ter surgido há 10.000 AC. Acredita? Em Jericó podem ser visitados locais de interesse turístico como

  • A Árvore de Zaqueu (Depois da música a árvore ficou famosa entre os brasileiros)
  • A Fonte de Eliseu: é uma nascente que fornece água para a cidade de Jericó.
  • Ruínas das Muralhas de Jericó (Sítio arqueológico)
  • Monte das tentações (onde Jesus foi tentado)
  • Ruínas do Palácio Hisham (um sítio arqueológico muito visitado)
  • Passeio de Teleférico: sai das ruínas de Tel-al-Sultan, passa pelo Monte das Tentações e vai até o Monastério Qurantul.

Estas cidades históricas de grande importância religiosa ficam situadas em terras palestinas, mas fazem parte dos roteiros de visita a Israel devido ao forte caráter turístico. Para esta visitação é preciso estar acompanhado de guias credenciados.

Lugares incríveis para conhecer em Israel

No sul de Israel há três passeios que ninguém pode deixar de fazer. Trata-se de visitar às ruínas de Massada, o passeio ao Mar Morto (saindo de Tel-Aviv ou saindo de Jerusalém) e o jardim botânico de Ein Gedi.

Já na região norte os roteiros são especiais para quem se liga em história e natureza. Acrescenta-se a isso a questão religiosa, presente em toda a Israel. As paisagens são lindas e você se depara com diversos cenários bíblicos. A visitação mais interessante fica por conta de conhecer a Galileia e Costa  Mediterrânea.

O Mar Morto

É uma impressionante obra da natureza. O Mar Morto é o lugar mais baixo de nosso planeta, a 400 m abaixo do nível do mar. Além da paisagem linda, composta por um mar de um intenso azul, há a possibilidade de comprovar a salinidade e a famosa capacidade de flutuação do corpo no Mar Morto. Isso porquê a salinidade é dez vezes superior à dos oceanos e qualquer corpo vai boiar, e nunca afundar!

Esta parte deve estar incluída em sua viagem, pois, é imperdível. Você estará realizando uma atividade com a qual muita gente sonha. É muito legal nadar nesse mar que, simplesmente, não deixa você afundar. 

O Mar Morto, um dos lugares mais incríveis de Israel.
O Mar Morto, um dos símbolos de Israel

Massada

Ainda na parte Sul de Israel visite Massada e seu sítio arqueológico (saindo de Tel-Aviv ou de Jerusalém).

Massada não só é importante porque é um Patrimônio Mundial da UNESCO ou uma antiga fortaleza que ocupa uma localização estratégica (e de tirar o fôlego) no alto de um planalto acima do Mar Morto, mas também por sua importância simbólica.

Trata-se das ruínas de uma cidade que viveu fatos terríveis. Ali ocorreu suicídio coletivo de judeus que não quiseram render-se aos romanos. Ou seja, um ato determinação e heroísmo que continua até hoje.

Fica localizada no deserto, no alto de um monte. Para visitá-la será preciso ir de teleférico.

Ein Gedi

Outra visita incrível é o Ein Gedi, de fato, é uma das coisas que Israel tem de melhor. É um oásis em meio ao deserto da Judeia. Próximo a este oásis há o Kibutz Ein Gedi com o jardim botânico, onde plantas dos 5 continentes são cultivadas.

Aliás, é um dos melhores lugares em Israel para caminhadas. Consiste em dois cânions que oferecem muitas trilhas, desde caminhadas fáceis até caminhadas mais desafiadoras, e acreditamos que qualquer caminhante ávido se divertirá aqui.

Há também um zoológico chamado Eco Park e o Centro Ambiental. Espaço onde são apresentados modelos de tecnologias sustentáveis. Nesta visita é de impressionar as nascentes e riachos com espécies da flora desértica da região do mediterrâneo e de regiões tropicais. Além disso, há presença de aves e mamíferos e fauna que habita o local. 

Passeie também por Qumeran, outro sítio arqueológico do lugar. Este tem reconhecimento histórico mundial, pois foi onde encontraram os Pergaminhos do Mar Morto.

O Deserto de Negev

Negev é uma região de deserto que ocupa grande porção de Israel. A saber, 60% das terras israelenses são desérticas. E o Deserto de Negev faz parte desta área. Esta curiosa região fica localizada no sul de Israel. Oferece, a quem a passa por lá, a visão de formações rochosas e ambiente de deserto. É, portanto, um lugar para conhecer o bioma de Israel.

Conhecer este local é apaixonante. Você poderá acessar regiões onde Filisteus e Bizantinos habitaram. O mais interessante é poder ter acesso aos vestígios desses povos. Na região existem lugares arqueológicos e traços da antiga agricultura. É fascinante poder ver a história dessas civilizações e entender como era seu estilo de vida.

Para fazer este tour as agências disponibilizam bicicletas, jipes e até camelos se você quiser subir em um deles! O trajeto é super tranquilo e bem sinalizado. É percorrido em mais ou menos 3 horas, com sol forte. Portanto, não deixe de levar água, bonés, chapéu e protetor solar.

O deserto de Negev, em Israel.
Deserto de Negev.

Outros lugares que visitar em Israel

Se acaso você quer visitar outras cidades ou lugares incríveis de Israel, então não deixe de fora Nazaré. Conhecida como o lugar da infância de Jesus. Em Nazaré você poderá visitar a Basílica da Anunciação e conhecer de pertinho o local onde Maria viu, e ouviu, o anjo Gabriel.

Nazaré

As conexões bíblicas de Nazaré são a principal razão pela qual as pessoas visitam a cidade. A principal atração é a Basílica da Anunciação. Dizem ser o local da casa de infância de Maria e o lugar onde o anjo Gabriel apareceu para ela. É uma basílica franciscana modernista construída na década de 1960, encimada por uma enorme cúpula.

Além disso, não dá para dispensar a visita a Tabgha, local onde ocorreu a multiplicação dos pães e peixes. Por isso, neste lugar foi edificada a Igreja da Multiplicação dos Pães e Peixes.  

Perto de Tabgha está o Parque Nacional de Cafarnaum, um lugar arqueológico onde as escavações acharam vestígios da cidade de Cafarnaum.

E mais ainda, você poderá conhecer as Colinas de Golan e ir ao Monte das Beatitudes. Foi neste monte que Jesus pregou o Sermão da Montanha.  Você poderá, também, entrar no Monte Carmelo e molhar-se no Rio Jordão, águas onde Jesus foi batizado por São João Batista. 

Por fim, ainda no norte de Israel, visite lugares históricos, à beira do Mar mediterrâneo. São os sítios arqueológicos do Acre e Cesareia, tombados pela Unesco. Nestes locais foram feitas escavações que encontraram traços da Roma Antiga, isto é, o antigo Império Romano com indícios das Cruzadas. 

Cesareia Marítima

Este também é um local curioso, próximo às margens do Mar Mediterrâneo. Trata-se de mais um lugar arqueológico onde pode ser visitado o “Caesarea National Park (Parque Nacional de Cesareia).

Como você pode constatar, há muito o que conhecer. Por isso, é válida a orientação de um guia. Os passeios serão muito mais apreciados e você conhece detalhes e informações do lugar como um local. Sem contar que não perde tempo buscando transporte para ir ou endereços.  

Eilat

Eilat é mais uma das cidades que conhecer em Israel, considerada um resort por sua incomparável beleza natural. Trata-se de um dos mais badalados balneários que ninguém deixa de visitar em viagem a Israel. 

Situada na região sul do país, esta cidade é banhada pelo Mar Vermelho. O resultado é um paraíso rodeado pelas praias desse mar. Além de divertir-se na praia, há a possibilidade de mergulhar e ver recifes de coral e toda a singeleza marinha.

Um dos melhores lugares que visitar em Eilat é o Observatório Submarino. O melhor deste local é que pode entrar na água e nadar junto a golfinhos.

A infraestrutura turística é perfeita por aqui. Há hotéis e resorts com muito conforto e várias atividades como rapel, esportes aquáticos, caminhadas e passeios em camelos. Tudo isso sem sair de perto do deserto e do frescor do mar.  

Cidade de Eliat em Israel
O mar azul que compõe o Eilat.

Como você pode ter visto, Israel é um dos países mais interessantes do mundo com muitos lugares para visitar que são incríveis. Conhecê-lo vai deixar em você marcas positivas que levará pelo resto da vida. Isso é porque não se consegue passar por esta terra sem vivenciar os momentos mais impressionantes da história humana.  

Comece a preparar-se agora. Programe-se, faça suas economias e conheça Israel e seus lugares turísticos. Aproveite cada instante, mas antes, compartilhe estas informações com seus amigos. Talvez possam até combinar uma viagem juntos.

Quem sabe um mochilão em Israel? Então planeja a sua viagem para Israel. E, ainda no Oriente Médio, conheça o melhor roteiro de Dubai!

Perguntas Frequentes

Vale a pena conhecer Israel?

Sim, Israel tem algumas das cidades mais incríveis do mundo, além de praias espetaculares, boa comida, ótimas pessoas e museus maravilhosos.

O que Israel tem de melhor?

Israel é um hotspot para o turismo religioso, mas também é popular entre os jovens devido às suas belas praias, turismo de aventura, locais históricos e, mais importante, Tel Aviv – a cidade mais moderna e liberal da região.



Robba Caravieri
Aos 40 anos deixei meu país, o Brasil, para descobrir o mundo. Escolhi Barcelona para ser minha casa por enquanto, mas sou De Lugar Nenhum.

3 respostas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Navegue

Posts Relacionados


Fique por dentro

Inscreva-se na nossa newsletter e receba sempre em seu e-mail todas as novidades, promoções e dicas.
Basta digitar seu e-mail no campo abaixo e pronto!

© 2022 De Lugar Nenhum. Todos os direitos reservados.