Trabalho remoto no estrangeiro.

Se acaso você trabalha remotamente e está buscando lugares baratos para morar, preste atenção nestes cinco países que oferecem visto para nômade digital. Estes incríveis destinos oferecem permanência temporária se você cumprir certas condições, como, por exemplo, ter um trabalho remoto, ser freelancer ou autônomo.

As vantagens de morar fora enquanto trabalha são muitas, e vão desde viver experiências novas até um intercâmbio cultural. Portanto, se você está buscando como e onde ficar, veja essas dicas que preparamos.

O que é um visto de Nômade Digital?

Um visto de nômade digital permite que trabalhadores remotos, empresários ou freelancers possam morar em um país estrangeiro. Normalmente, um visto de nômade digital dura pelo menos um ano e permite renovação.

Tecnicamente, não são “vistos”, mas simplesmente autorizações de residência. Ou seja, com um visto de nômade digital você não pode trabalhar para uma empresa no país em que vive e tem que ter uma renda própria. No entanto, como você já possui um trabalho remoto, isso não é um problema, verdade?

Solicitar vistos de nômade digital pode ser confuso, já que cada país tem um processo ligeiramente diferente. Por isso, é importante que você pesquise o máximo possível. Com o intuito de facilitar sua pesquisa, listamos os melhores destinos que permitem residência por ser nômade digital.

Quais os melhores destinos para o trabalho remoto?

Ao total listamos cinco países que oferecem visto temporário para quem tem trabalho remoto, é freelancer ou autônomo:

  • Georgia
  • República Checa
  • Portugal
  • Bermudas
  • Estonia

Viver com trabalho remoto na Geórgia

A Geórgia é um país transcontinental que fica entre a Europa e a Ásia. Por ser um país com uma rica cultura, espere encontrar costumes muito diferentes do seu.

Na Geórgia você encontrará algumas das melhores comidas e vinhos da Europa. Não só possui casas charmosas como também arquitetura incrível. É um país barato se comparamos com outros países da Europa, como, por exemplo, Espanha, França ou Alemanha.

A Geórgia tem um programa válido para 95 países, convidando trabalhadores a viver e consumir no país em troca de permanência legal. Estes são os requisitos mínimos para aplicar a este país:

  • Primeiramente, é preciso ter um passaporte válido.
  • Em segundo lugar, você deve estar empregado, ser autônomo ou freelancer.
  • É preciso ter uma renda de pelo menos US $2.000 por mês.
  • Um certificado de renda atualizado.
  • Um comprovante de seguro saúde.
  • E, por fim, ter o formulário preenchido corretamente.

O visto tem duração de 1 ano e não há taxas de aplicação. Para saber mais informações de como se aplicar a esse programa, consulte esse link.

A cidade de Tiblissi oferece vistos para quem tem trabalho remoto.
Tiblissi na Geórgia, uma cidade com muitas curiosidades.

Viver com trabalho remoto na República Tcheca

A República Tcheca é um país moderno com altos padrões de vida, ampla segurança social e um sistema de saúde acessível. Não só isso, como também ótimas oportunidades educacionais.

A República Tcheca é bastante conhecida por sua capital Praga. Pois, é nessa cidade que você pode conhecer o centro histórico que é Patrimônio Mundial da UNESCO.

Freelancers podem morar na República Tcheca com o visto Zivno. Este visto de nômade digital é bastante valioso, já que dá acesso aos 26 países do Espaço Schengen durante toda sua duração.

Estes são os requisitos mínimos para aplicar:

  • Primeiramente, é preciso ter um passaporte válido.
  • Em segundo lugar, ser freelancer com licença comercial registrada.
  • É preciso ter, pelo menos, 5.587 € na sua conta bancária.
  • Apresentar uma carta certificada pelo banco e extratos.
  • É preciso uma cópia colorida do passaporte.
  • Um comprovante de seguro saúde.
  • Um comprovante de hospedagem.
  • E também o certificado de antecedentes criminais.
  • Por fim, você precisa ter o formulário concluído.

O visto tem duração de 1 ano e uma taxa de US $117. Embora este visto não seja particularmente para nômades digitais, pode ser uma boa opção para nômades digitais que são freelancers e que desejam morar na República Tcheca.

Possui trabalho remoto e quer morar na República Tcheca?
Praga e uma cidade linda e super barata. Não tem como não amar!

Se acaso você quer saber mais sobre Praga, a capital da República Tcheca, leia nosso texto de Como Visitar Praga Grátis.

Trabalhar Remotamente em Portugal

Portugal é um ponto de atração para nômades digitais. Graças ao seu custo de vida acessível, arquitetura deslumbrante e pôr do sol e praias maravilhosas, esse país vem sendo um destino bastante popular.

O visto de nômade digital de Portugal também dá acesso ao resto dos países do Espaço Schengen, e se chama D2. Esses são os requisitos mínimos:

  • Primeiramente, é preciso ter passaporte válido.
  • Em segundo lugar, você deve estar empregado, ser autônomo ou freelancer.
  • É preciso ter uma renda de, pelo menos, 600 € por mês.
  • Ter um comprovante desta renda.
  • Uma cópia colorida do passaporte.
  • Um comprovante de seguro viagem/saúde.
  • A verificação de antecedentes criminais.
  • E, por fim, apresentar este formulário completo.

As candidaturas devem ser apresentadas pessoalmente em uma embaixada ou consulado português. O visto dura 2 anos e é necessário pagar duas taxas. Uma para o visto, de 83 €, e outra para a autorização de residência, de 72 €.

Tem trabalho remoto e quer viver em Portugal?
Porto é uma cidade linda, com comida maravilhosa, praias e o melhor de tudo: o idioma é o português!

Trabalhar remotamente nas Bermudas

As Bermudas são umas das ilhas caribenhas mais famosas do mundo. Felizmente, é também a mais fácil de você conseguir morar se você tem trabalho remoto. Este paraíso não pede muitas restrições para o visto:

  • Primeiramente, é preciso ter passaporte válido.
  • Em segundo lugar, você deve estar empregado, ser autônomo, freelancer ou estudante.
  • Ter um comprovante de seguro saúde.
  • Uma cópia colorida do passaporte.
  • O certificado de antecedentes criminais.
  • E, por fim, ter formulário preenchido.

Para as Bermudas, o visto vale por 1 ano e você pagará uma taxa de US $263.

Foto da praia de Bermudas.
Essa pode ser a vista do seu trabalho remoto enquanto você estiver nas Bermudas

Estônia para o trabalho remoto

A Estônia é um pequeno país no Báltico. No entanto, é linda. Foi a pioneira no mundo a oferecer visto para nômades digitais para trabalhadores autônomos. O país cresceu muito nos últimos anos e tem se tornado um forte polo na área de tecnologia.

Estas são as exigências para solicitar o visto:

  • Primeiramente, é preciso ter passaporte válido.
  • Em segundo lugar, você deve estar empregado, ser autônomo ou freelancer.
  • Ter uma renda de, pelo menos, 3,504 € por mês.
  • Ter o comprovante da renda, apresentado pelo banco, dos últimos 6 meses.
  • Uma cópia colorida do passaporte.
  • Um comprovante de seguro viagem/saúde.
  • O certificado de antecedentes criminais.
  • E, por fim, apresentar este formulário completo.

O visto tem uma duração de 1 ano e você paga uma taxa 100 € para emitir-lo.

Foto da cidade de Tallin, na Estonia.
Tallin, na Estônia. Parece uma cidade cinematográfica, não é mesmo?

Sobre o trabalho remoto

Trabalhar remotamente é o sonho de todo viajante e, atualmente, é muito mais possível trabalhar dessa forma. Recentemente, devido à pandemia da COVID-19, muitas pessoas passaram a trabalhar desde casa.

E não só os empregados se interessaram por isso, mas também as empresas entenderam que isso pode ser vantajoso. As razões são muitas e alguns exemplos são o conforto para trabalhadores, a economia para as empresas, a qualidade de vida e passar mais tempo com a família.

Se acaso você já tem um trabalho remoto, o próximo passo é combinar com sua empresa que você essa viagem. Em segundo lugar, é escolher o lugar certo que oferece as melhores condições para você.

Trabalhando no Brasil e morando em outro país

Há algumas informações que você deve saber sobre trabalhar em um país e morar em outro. Pode parecer bobagem, mas são coisas necessárias para o seu bem-estar, sua saúde no trabalho e um bom relacionamento com o seu empregador.

Além das dicas listadas acima, é importante também ter uma rede de internet de boa qualidade. No entanto, somente uma internet boa não é o suficiente, pois é importante saber qual a correta ferramenta de comunicação usar. Atualmente as mais conhecidas são o Zoom, o Skype ou Google Meets.

Tenha um aparelho de celular com rede local e preste atenção ao fuso horário. Já que seus clientes continuam onde estão e você é quem vai precisar mudar seu horário de trabalho.

Por fim, atente-se ao período de permanência no país e tenha uma conta bancária internacional para você poder transferir seu dinheiro. Um exemplo é o Banco N26.

Concluindo…

Antes de acabar, deixamos uma última dica. Se acaso você não quer aplicar para o visto de nômade digital, outra oportunidade é ficar viajando entre países. No entanto, verifique o período de permanência entre eles para você não ficar ilegalmente em algum deles.

Só para ilustrar o exemplo, na Europa você tem 90 dias de permanência como turista sem exercer remuneração. Após esses 90 dias, você pode ir, por exemplo, para o Reino Unido e ficar por mais 90 dias, pois eles não fazem mais parte da União Europeia. E, dessa forma, continuar as suas viagens pelos países asiáticos. Apenas verifique bem essas informações e vai ser feliz!

Quer saber mais sobre documentação para Brasileiros em outro país? A Renata, do Nacionalidade Mudo, escreveu sobre passagem sem volta (brasileiros de partida). Corre lá para ver!

Esperamos que tenha gostado e seja útil o nosso texto. Ah, e se acaso você quer tirar um período sabático, veja nossas dicas sobre o que é um período sabático?. Se deseja estudar fora, outra opção para é o intercâmbio na Irlanda



Robba Caravieri
Aos 40 anos deixei meu país, o Brasil, para descobrir o mundo. Escolhi Barcelona para ser minha casa por enquanto, mas sou De Lugar Nenhum.

47 respostas

  1. Maravilhoso o post sobre destinos para trabalho remoto mas infelizmente nao posso fazer este tipo de serviço. Dos locais o unico que conheço é Portugal e digo que é um belo local e que eu moraria lá viu.

  2. Já usamos Praga, Tallinn e Porto como nossos escritórios momentâneos e posso dizer que são cidades perfeitas para nômades. Internet rápida e estável, cafés charmosos e muitos pontos turísticos incríveis para visitar nos momentos de folga.

    Parabéns pelo post!

  3. Adorei essa lista de destinos para trabalho remoto pois fugiu do óbvio!

    Fiquei bastante interessado pela Estônia e Georgia. Tenho alguns amigos que já visitaram estes países e me falaram muito bem deles!

    Obrigado!

  4. Que sonho esses destinos para o trabalho remoto!! Com a pandemia passei a trabalhar remotamente e percebi que daria perfeitamente para estar em outra cidade ou até país!
    Quem sabe quando pudermos viajar de novo eu não tento isso?!

  5. Simplesmente amei essa lista de destinos para trabalho remoto. Vontade de morar em todos os lugares.

    Confesso que sair do Brasil agora é meio difícil, mas se fosse mais tranquilo eu ficaria um tempo em cada um!

    Obrigada! Beijos

  6. Que interessante a sua lista de destinos para trabalho remoto pelo mundo. Nunca imaginei que as Bermudas fossem um lugar tão receptivo para o autônomo / nômade digital. Imagina trabalhar podendo curtir sol e mar azul.

  7. Quantas opções incríveis para trabalhar de forma remota! Sou apaixonada por Praga e não me importaria de morar por um tempo ali. E passar um tempo nas Bermudas… acho que precisa de muita força de vontade para resistir a esse mar rsrsrs

  8. Adorei a lista de destinos para trabalho remoto e moraria com prazer em Portugal. Bom saber que existem outras possibilidades bem interessantes na Europa.

  9. Gostei muito do post, Roberto! Útil, especialmente nos dias de hoje. Você mencionou que atualmente vive em Barcelona, e aí, quais são as regras e tempo para permanecer com trabalho remoto?

  10. Bom saber sobre destinos para trabalho remoto. Interessante é que trabalho com serviço de emergencia então nao posso fazer home office, mas é bom saber que estes países são bons e baratos para se frequentar.

  11. Que matéria sensacional!! Não fazia ideia que existiam países com visto especial para Trabalho Remoto! Esse da Georgia por um ano fiquei encantada! as Bermudas também fiquei chocada! Que legal! Amei essa matéria!

  12. Essa onda de trabalho remoto foi algo bom que a pandemia nos trouxe, temos mais tempo e mais flexibilidade né? Com certeza iria aproveitar nas Bermudas, amo praia

  13. Muito legal sua postagem sobre trabalho remoto em cinco destinos baratos. Tenho certeza que muita gente está vibrando com ela. Ponto de partida para muitas descobertas. Valeu!

  14. Que demais esses destinos baratos para se fazer um trabalho remoto, adorei conhecer lugares como a Georgia pela sua lista, pois nunca havia escutado falar. Muito incrível, adoraria poder trabalhar assim nesses lugares.

  15. Olá,

    Com o trabalho remoto tenho pensado nesta possibilidade, algumas dúvida que me surgiram lendo o texto: com o euro a quase 7×1, qual o mínimo de valor convertido para se conseguir viver nestes destinos? Outra questão… uma vez li que para receber em outro país era necessário pagar uma taxa de 20% do valor transferido, isso ainda procede?

  16. Ótimas dicas de destinos para trabalho remoto, é sempre bom ter opções para trabalhar durante o período sabático, nem todo mundo poderia viajar sem trabalhar.

  17. Acabei descobrindo no seu post mais do que possibilidades de trabalho remoto, mas também alguns destinos que não conhecia nem sabia que eram baratos, rs. Gostei de todos os 5 que você indicou.

  18. Infelizmente o trabalho remoto não é uma realidade para mim, mas adoraria escolher um desses destinos baratos para conhecer nessas condições. Infelizmente no momento, alguns desses não estão abertos aos brasileiros, mas fica na listinha de desejos.

  19. Amei esse tema destinos para trabalho remoto. Nunca tinha pensado sobre isso, achei o máximo e melhor ainda saber que países lidam com isso legalmente. Perfeito. Obrigada pelas informações.

  20. Adorei suas dicas para destinos onde é possível o trabalho remoto. Outra surpresa foi saber que Praga é um destino barato. Sempre tive a sensação de ser cara. Já curti.

  21. Interessantíssimo ter um país tão pequeno como primeira opção de lugar para fazer trabalho remoto. Meu sonho é conhecer a Geórgia e adoraria atrelar isso ao meu trabalho, ótima sugestão. Conhecemos muitos nômades digitais morando na Tailândia também, é um país barato e com visto específico para isso.

  22. Ai como eu queria poder ter um trabalho remoto! Adorei demais as dicas dos destinos baratos para trabalhar remotamente. Quem sabe um dia eu consiga!

  23. Maravilhoso o teu post sobre destinos friendly do trabalho remoto. Desconhecia completamente que alguns países forneciam vistos específicos para esta atividade.

  24. Eu amo um trabalho remoto !!! Esses dias recebi uma proposta de emprego e primeira pergunta foi: tem trabalho remoto? kkkkkkkk Muito boas as suas sugestões de destinos, arrasou

  25. Robba, ótimas sugestões de países para trabalho remoto! Eu não conheço nenhum deles, mas todos eles estão na minha lista. Obrigada por compartilhar esse conteúdo com a gente, tem informações muito bacanas!

  26. Adorei seu post, totalmente inovador e ao mesmo tempo interessante.

    Atualmente estou trabalhando remotamente no Brasil, mas planejo ampliar o minhas possibilidades.

    Abraços 🤗

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Navegue

Posts Relacionados


Fique por dentro

Inscreva-se na nossa newsletter e receba sempre em seu e-mail todas as novidades, promoções e dicas.
Basta digitar seu e-mail no campo abaixo e pronto!

© 2022 De Lugar Nenhum. Todos os direitos reservados.