Academia de Cavalaria de Valladolid, Espanha

Em Valladolid na Espanha a história está em toda a parte! Aliás, muitos fatos importantes da Espanha se passaram na cidade e não só vamos contar tudo para você, como também dar algumas dicas importantes em uma viagem para lá. Por isso, se você quer saber o que visitar em Valladolid, onde se hospedar em Valladolid ou onde comer em Valladolid, leia com atenção nossas dicas. Afinal, você vai ver que tem mutias curiosidades, comidas incríveis, lugares lindos e arte por toda a parte na cidade. Vamos lá?

Por que visitar Valladolid?

São muitos os motivos para visitar Valladolid na Espanha, no entanto, os principais são os rastros da história que podem ser vistos, a riqueza cultural espanhola espelhada nas ruas, construções e museus, as cenas cativantes que tecem seus costumes e um estilo de vida agradável com moradores muito simpáticos. Isto é, as terras de Valladolid podem surpreender a sua viagem de turismo na Espanha com opções de passeios e variedade cultural que muitos desconhecem.

Onde fica Valladolid na Espanha?

Valladolid é uma cidade pacata, porém muito importante da Espanha situada na comunidade de Castilla y León a noroeste da Península Ibérica. Algumas cidades próximas a Valladolid são Cistérniga, Arroyo de la Encomienda e Laguna de Duero.

onde fica valladolid espanha
Onde fica Valladolid, Espanha. Fonte: Google Maps.

O que ver em Valladolid Espanha?

Muitos turistas deixam de lado esta cidade em uma viagem para a Espanha. No entanto, você vai se surpreender com as ruas repletas de história, museus emocionantes, monumentos históricos e palácios elegantes da cidade. A seguir veja o que ver em Valladolid, Espanha:

  • Plaza Mayor de Valladolid
  • Igraja de San Benito
  • Parque Campo Grande
  • Academia de Caballería
  • Pasaje Gutiérrez
  • Igreja de San Pablo
  • Casa Museu de Zorrilla
  • Igreja de Santa Maria
  • A Catedral de Valladolid
  • Praia das Moreras

Plaza Mayor de Valladolid, na Espanha

Quase todas as cidades da europa têm as praças que costumam ser o centro de tudo, isto é, uma espécie de marco zero, e a Plaza Mayor de Valladolid na Espanha é um exemplo disso. Antes conhecida como a “Plaza del Mercado”, era onde as vendas e todo o comércio acontecia no século XIV. É um lugar ideal para tomar um café durante a tarde nas mesinhas dos restaurantes que estão por ali e ver o sol se pôr.

A saber, um incêndio destruiu uma boa parte da cidade em 1561 e a praça foi reconstruída a partir disso com apoio do Rei Felipe II. Ela inspira outras grandes praças espanholas em seu formato. Aliás, é uma praça muito parecida com a Plaza Mayor de Madrid.

plaza mayor - valladolid espanha - de lugar nenhum
Um lugar muito agradável para ver o movimento da cidade enquanto se toma um café.

Igreja de San Benito

A Igreja de San Benito foi construída em 1515 mas teve sua fachada finalizada somente em 1569. Ao lado do antigo convento beneditino, ela é uma das igrejas mais visitadas de Valladolid e uma das preferidas da cidade por sua beleza. É também um dos templos mais antigos de Valladolid e sendo erguido sobre o antigo Alcázar Real. É feita em estilo gótico e a parte da frente da igreja foi desenhada por Rodrigo Gil de Hontañón, um arquiteto renascentista considerado um dos melhores arquitetos espanhóis do século XVI.

igreja de san benito - valladolid espanha - de lugar nenhum
A igreja de San Benito em Valladolid e ao lado a prefeitura da cidade.

Parque Campo Grande

O Parque Campo Grande é um parque urbano localizado no centro de Valladolid. Aliás, o nome não é por acaso já que são ao todo 11 hectares de um terreno distribuído em forma triangular. Foi um parque criado no final do século XVIII com o nome original de “Campo da Verdade”. No parque há diversas fontes, pavões reais e pedalinhos. Sem dúvida, é um ótimo lugar para relaxar e se perder em Valladolid Espanha.

foto de uma estátua no parque grande em valladolid
Estátua no Parque Campo Grande em Valladolid.

Academia da Caballería

Se acaso você está no Parque Campo Grande, então vale a pena caminhar cerca de 5 minutos para conhecer a Academia da Cavalaria. Não só rendem muitas fotos, como também há o museu da academia para visitar. Ao visitar o museu você vai conhecer um conjunto formado por quatro núcleos, isto é, o da Assembleia, o do museu, o da Biblioteca e o dos Guadarnés. Existem também algumas obras de arte localizadas em outros locais como, por exemplo, na Capela, na escada e no pátio, que também são mostradas durante a visita.

Fonte da Academia de Cavalaria na praça Plaza Zorrilla em Valladolid, com o edifício da Academia de Cavalaria ao fundo.
Fonte da Academia de Cavalaria na praça Plaza Zorrilla em Valladolid, com o edifício da Academia de Cavalaria ao fundo.

Igreja de San Pablo

A Igreja de São Paulo é, sem dúvida, um dos pontos turísticos de Valladolid mais representativos devido à sua arquitetura gótica (que pode ser vista pela fachada) e interior com decoração detalhada. Tem um estilo gótico elizabetano considerado um dos mais bonitos do mundo. A igreja fica na Plaza Mayor e a entrada é grátis. Se você tem pouco tempo na cidade, essa uma ótima opção se você não sabe o que visitar em Valladolid.

Como se não bastasse a igreja, a região é cheia de atrações históricas por perto. Isto é, por ali estão o Palácio Real (residência de Carlos I, Felipe II e Felipe III e Napoleão durante a guerra da Independência), o Palácio Pimentel Palácio do século XV, o Palácio de Villena do século XVI e o IES Zorrilla.

A igreja de San Pablo, Valladolid, Espanha.
A igreja de San Pablo, Valladolid, Espanha.

Casa Museu de Zorrilla

O Museu da Casa Zorrilla está a cerca de 2 minutos caminhando da Igreja de São Paulo. Nesta casa, propriedade do Marqués de Revilla, decorreram os primeiros sete anos de vida de D. José Zorrilla Moral. É nela que podemos ver memórias pessoais do poeta doadas por sua viúva, Juana Pacheco, bem como objetos e móveis de aquisição posterior que recriam um interior da época romântica, como a escrivaninha usada pelo poeta e inúmeros diplomas (entre os quais a da Real Academia da Língua).

Também parte de sua biblioteca particular há a coroa de bronze concedida pela Câmara Municipal de Barcelona (​lembrança de sua coroação como Poeta da Alhambra em Granada em 1889) e uma máscara funerária de gesso (obra de Aurelio Carretero).

csasa museu de zorrilla - valladolid espanha - de lugar nenhum
Um jardim que vale muito a pena ser apreciado na Casa Museu Zorrilla

Igreja de Santa María (La Antigua)

A igreja de Santa María de La Antigua foi construída desde pelo menos o século XII na cidade de Valladolid. A mistura de estilos arquitetônicos convertem a igreja em um monumento único. Aliás, La Antigua conserva desde os finais daquele século (ou princípios do seguinte) uma linda torre românica encimada por uma flecha revestida a azulejo, o que a torna junto com a da igreja de San Esteban (Segóvia), a torre sineira românica mais alta de Espanha e a Península Ibérica hoje em dia. Já o resto do edifício é gótico e neogótico, visto que foi construído no século XIV e, após sucessivas adições em diferentes estilos, foi intensamente restaurado e reconstruído na primeira metade do século XX.

Igreja de Santa Maria la Antigua em Valladolid
Igreja de Santa Maria la Antigua em Valladolid

A Catedral de Valladolid

Um dos principais pontos turísticos da cidade, a Catedral de Valladolid, é um importante, grandioso e inacabado projeto devido a um orçamento não bem calculado a partir de 1589. No entanto, em uma terra de catedrais medievais em um país de catedrais, você deve estar se perguntando o que a Catedral de Valladolid tem de diferente? De fato, esta catedral é um dos exemplos mais interessantes da arquitetura Herreriana. Tanto é, que foi consagrada (mesmo inacabada) em 1668 e ganhou o apelido de “La Inconclusa” pelos moradores da cidade.

O interior da catedral tem um estilo purista e sóbrio, sendo que entre os seus escassos elementos decorativos se destaca a obra de Juan de Juni. Além do interior que vale a pena conhecer, você também pode subir a torre da Sé da Catedral de Valladolid. Apesar de uma delas ter desabado no século XIX, a torre da Sé se tornou um miradouro bastante privilegiado da cidade.

Catedral de Valladolid, Espanha.
Catedral de Valladolid, Espanha.

Onde comer em Valladolid?

Sem dúvida que comer na Espanha é uma experiência marcante. Ainda que os espanhóis não chegam ao extremo de uma preparação refinada (chamada de “alta gastronomia”) como os franceses, eles tomam muito cuidado para combinar vários ingredientes diferentes em uma culinária criativa e diferenciada. E o melhor de tudo é que em Valladolid você pode experimentar tudo isso!

Alguns lugares para comer em Valladolid são:

El Minuto

Aqui vai uma dica de ouro para você! Existe um pequeno e tradicional café na cidade que se chama Café El Minuto. Daqueles que você pede e come em um banquinho quase que de pé, sabe? Além do ótimo atendimento e comida, você também paga pouco! Vale muito a pena conhecer. Tomamos café da manhã lá todos os dias! O El Minuto fica C. Macías Picavea, 15, 47003 Valladolid.

cafe el minuto- de lugar nenhum
Café da manhã completo por €3.40, que tal?

Restaurante Damáso

O restaurante Damásio é um premiado MICHELIN que se destaca pelo sabor da cozinha e não pela sua decoração ou o campo de golf. De fato, se você quer conhecer quais são os sabores da Espanha, então o restaurante Damásio é a sua escolha. O restaurante fica na C. de la Carabela e os pratos variam de 35 € a 45 €.

La Parrilla De San Lorenzo

O restaurante tem um ambiente bonito, agradável e bom atendimento. No entanto, o melhor do restaurante são os excelentes pratos! Aprecie o autêntico cordeiro de Castilla y León com o selo IGP, que garante sua procedência e qualidade. Os preços variam de 15 € a 40 € dependendo prato que você escolher. O La Parrilla De San Lorenzo fica na C. Pedro Nino, 1.

Wabi-Sabi Taberna Japonesa

No Wabi-Sabi Taberna Japonesa você vai ter comida de qualidade. Sem dúvida alguma que você vai provar saborosos gyozas de vegetais ou carne, sushi e sashimi, edamame e sopa de miso-ramen. O atendimento é ótimo e o lugar é encantador. Há dois tipos de menu, um por 27 € e o outro por 35 €, ambos sem bebidas incluídas. O Wabi-Sabi fica na C. Comedias Esquina Plaza Marti y Monso.

O que fazer em Valladolid?

Por ser uma histórica cidade espanhola com muitos parques, monumentos, palácios e pontos turísticos, passeios não vão faltar. Além dos principais monumentos que ver, saber o que fazer em Valladolid pode ajudar a aproveitar não só o tempo na sua viagem, mas também facilitar o roteiro. Essas são algumas opções do que fazer em Valladolid Espanha:

Ademais, a melhor forma de conhecer a cidade é comprar o combo ônibus turístico + Valladolid Card. Com esse pacote você não só pode usar o ônibus quantas vezes quiser, como também entrar em 10 museus incluídos no cartão.

Onde se hospedar em Valladolid na Espanha?

Para aproveitar mais a sua viagem a Valladolid é melhor ficar no centro da cidade (ainda que você pague um pouco mais caro por isso). Além de estar próximo dos principais pontos turísticos, você também terá belas vistas dessa tranquila e encantadora cidade. Com o intuito de ajudar você nessa pesquisa, listamos algumas hospedagens:

Como chegar em Valladolid?

Existem maneiras diferentes para chegar em Valladolid na Espanha e que dependem, sobretudo, de onde você estará no momento. Isto é, você pode ir em carro, avião, ônibus ou trem. Por exemplo, se acaso você está em Madrid, saiba que a melhor maneira de como ir a Valladolid de Madrid é de trem via Chamartin. Esse percurso leva 1 h 43 m e custa de 19 € a 55 €. Alternativamente, você pode pegar um ônibus, que custa de 15 € a 22 € e leva 2 h 15 m.

Em avião

O Aeroporto de Valladolid fica em Villanubla cerca de 14 quilômetros do centro da cidade. É um aeroporto que funciona mais durante as altas temporadas, ou seja, funciona com poucos voos para poucas cidades durante outras épocas do ano. Aliás, saiba que neste aeroporto não existem voos internacionais (somente voos de outras cidades da Espanha). Às vezes pode ser bom usar um buscador de passagens aéreas para conseguir algum desconto.

Para sair do aeroporto e chegar até a cidade existe uma linha de ônibus que te leva até o centro que sai a cada 1 h 30 m ou então você pode tomar um táxi que deixa você no centro da cidade por aproximados 20 €. Outra maneira é por transfer privado. O transfer privado vale a pena caso você esteja viajando acompanhado ou com muita bagagem.

Por fim, se acaso você gosta de liberdade enquanto viaja, vale a pena alugar um carro.

Essa é a parte de dentro do aeroporto de Valladolid, na Espanha
Essa é a parte de dentro do aeroporto de Valladolid, na Espanha

Em trem

A Espanha é ótima em comunicar as cidades através de trem e você pode também parar em Valladolid com eles. Por exemplo, a partir de Madrid você pode fazer essa viagem com um trem de alta velocidade por 1 h 43 m, ou de Alicante em cerca de 4 horas de viagem.

Chegar em Valladolid de ônibus ou carro

Se preferir ir para Valladolid pelas estradas e aproveitar as lindas paisagens da Espanha, então pode consultar o site da ALSA (a companhia de ônibus espanhola), para verificar a passagem saindo da cidade em que você se encontra. Lembre-se que viajar em ônibus é, certamente, a opção mais econômica.

Se vai dirigindo então você vai encontrar boas estradas nacionais, mas a duração depende da cidade de saída. Por exemplo, Madri fica a 2 h e León igualmente. Já Bilbao fica a cerca de 3 h 30 m e San Sebastian que está a 340 km, tem o percurso de cerca de 4 horas de viagem.

Um pouco mais sobre Valladolid na Espanha

Valladolid é uma cidade e município da Espanha com aproximadamente 300 mil habitantes localizada no noroeste da Península Ibérica, na comunidade de Castilla y León. O município tem aproximados 200 km² de é a 13.ª maior cidade da Espanha. A área metropolitana da cidade, constituída por 23 municípios, tem uma população de cerca de 400 mil habitantes.

É uma cidade tranquila, com pouco trânsito e muito fácil de chegar nos pontos turísticos caminhando. Esses pontos, aliás, estão concentrados na região central da cidade. Valladolid é uma das cidades da Espanha que amamos visitar e você precisar visitar também.

A cidade tem algumas curiosidades interessantes como os três monarcas que a habitaram (Carlos I, Felipe II e Felipe III) além de Napoleão (durante a Guerra da Independência). Aliás, rei Filipe IV também nasceu em Valladolid em 8 de abril de 1605. Além disso, Cristóvão Colombo viveu e morreu em Valladolid, onde a clássica obra Don Quixote de Cervantes foi finalizada. Por fim, o clube de futebol Valladolid tem como dono o Ronaldo (também conhecido como o “fenômeno” por muitos brasileiros). Quer conhecer conosco um pouco mais de Valladolid na Espanha?

Outras atrações imperdíveis pelo mundo além de Valladolid na Espanha

Viagem e Cura | Principais pontos turísticos de Barcelona: atrações imperdíveis

Oncotô Travel | Atrações Imperdíveis em Zurique: Os 21 MELHORES Pontos Turísticos

Viajante Colorido | Atracões imperdíveis em Tarragona – Espanha

Vamos viajar pra onde agora | Atrações imperdíveis em Pipa – RN

Viajando com Sy | Atrações imperdíveis no Caminhos de Pedra

Entre Mochilas e Malinhas | O que fazer em Santos – 14 passeios imperdíveis

Experiência Barbara | O que fazer na Namíbia – atrações imperdíveis!

Viajando com Moisés- Koh Phi Phi | Quais as Atrações Imperdíveis deste Paraíso em Krabi?  

Destinos Por Onde Andei | As melhores atrações de Budapeste  

Let’s Fly Away | O que fazer na Filadélfia em 1 dia: bate-volta de Nova York ou Washington

Uma Viagem Diferente | O que Fazer em Arraial do Cabo: Roteiro de 3 dias

T+M | O que fazer em Belém – 12 dicas imperdíveis do que fazer na capital paraense

Blog Elizabeth Werneck | O que fazer e onde ficar no Cairo: 20 atrações imperdíveis na cidade dos mil minaretes.

6 Viajantes | O que fazer em Montevidéu: 10 atrações imperdíveis

Recordações de Viagens | O que fazer em Taormina: atrações imperdíveis

Perguntas Frequentes

Qual é a melhor época para visitar Valladolid?

A melhor época para viajar para Valladolid na Espanha é de maio a outubro, onde há um clima agradável ou quente e quase nenhuma precipitação.

Quais os aeroportos mais próximos de Valladolid?

Estes são os aeroportos perto de Valladolid: Aeroporto de Valladolid (12 km), Aeroporto de Salamanca (102 km), e Aeroporto Adolfo Suárez Madrid–Barajas (164 km)



Robba Caravieri
Aos 40 anos deixei meu país, o Brasil, para descobrir o mundo. Escolhi Barcelona para ser minha casa por enquanto, mas sou De Lugar Nenhum.

17 Responses

  1. A região de Castilla y León produz excelentes vinhos. Já vou encaixar os pontos turísticos de Valladolid quando for conhecer as vinícolas dessa região da Espanha.

  2. Que legal seu post sobre o pontos turísticos de Valladolid na Espanha. A cidade me pareceu super interessante de se visitar. Como você disse, a Plaza Mayor de Valladolid é bem parecida com a de Madri. Linda, linda.

  3. Que graça é Valladolid! Super dica para incluir a cidade num futuro roteiro pela Espanha. Adorei a dica do café, e quando estive na Espanha a refeição que mais gostava era o café da manhã rsrsrs

  4. Adorei saber mais sobre Valladolid, através do teu post, principalmente a relação com personalidades como Cristóvão Colombo e Cervantes.
    Não vou deixar de fora do roteiro tuas sugestões de pontos turísticos para conhecer – e nem esse café da manhã. 😀

  5. Não vejo a hora de desbravar a Espanha, que país lindo. Depois de ver seu post sobre Valladolid, já inclui no meu roteiro. Lindos pontos turísticos né?

  6. Olhaa, na hora que li Valladolid achei que era a do México, não sabia que tinha uma com o mesmo nome na Espanha! Parece ser uma graça a cidade, adorei os pontos turísticos, já quero conhecer também;

  7. Que maravilha de cidade é Valladolid, um amigo do meu filho fez intercâmbio lá e adorou, porém eu nunca tinha visto nenhuma foto da cidade. Maravilhosos os pontos turísticos selecionados por você, e aquele café da manhã, hein? Que dica maravilhosa, adorei!
    Conheci uma cidade no México que tem o mesmo nome, uma gracinha, mas totalmente diferente desta, claro.

  8. Sensacional os melhores pontos turísticos de Valladolid na Espanha. Interessante que aparenta ser um lugar de preços bem atrativos, pois aquele café por 3 euros está uma pechincha. Abraços meu amigo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Navegue

Posts Relacionados


Fique por dentro

Inscreva-se na nossa newsletter e receba sempre em seu e-mail todas as novidades, promoções e dicas.
Basta digitar seu e-mail no campo abaixo e pronto!

© 2022 De Lugar Nenhum. Todos os direitos reservados.