Maldivas

Um dos destinos mais desejados dos últimos tempos é Maldivas. Seja pelo seu visual paradisíaco ou suas praias maravilhosas, a verdade é que o destino está entre os mais amados entre os viajantes. 

O local é formado por 1196 ilhas, sendo pouco mais de 200 delas habitadas. As ilhas mais conhecidas e visitadas são: Malé (é uma cidade portuária, mas não é boa para se hospedar), Omadhoo, Dhigurah e Thoddoo.

Maldivas - De Lugar Nenhum

Então, a pergunta mais comum entre meus seguidores e clientes é se é possível fazer uma viagem econômica para as Maldivas e eu vim te mostrar que sim! O destino não é barato, mas é possível fazer uma viagem para as Maldivas sem gastar uma fortuna.

Informações e documentação

Antes de começar a falar sobre esse destino incrível e paradisíaco, precisamos entender sobre a moeda, visto, clima e outras informações interessantes:

  • Visto:

Não há necessidade de visto de turismo para turistas que pretendem ficar menos de 30 dias. Mas é necessário ter passaporte com pelo menos 6 meses de validade para poder viajar.

  • Moeda:

A moeda local é a Rufia maldivense, que você pode, então, conferir a cotação no site oficial do Banco Central, onde você pode verificar aqui

Bem como, independente disso, é possível efetuar pagamentos em dólar e euro.

  • Clima:

O clima da região se divide em dois principais pontos: clima seco e quente, chuvoso e úmido.

A estação seca é majoritariamente de alta temporada, enquanto o período de chuvas é quando ocorre o período de baixas temporadas. 

De maio a outubro acontece o período de chuvas e por causa disso os valores ficam bem mais em conta, podendo cair pela metade do valor!

E de novembro a abril ocorre o período seco e quente, que é o período em que todos nós sonhamos em visitar e conhecer as Maldivas. Com dias quentes, sem chuvas e muito sol.

  • Outras informações interessantes:

É obrigatório apresentar a carteira de vacinação com comprovação da vacina da febre amarela.

A religião local é a Islã Sunita, uma religião bem conservadora que não permite consumo de bebidas alcoólicas, trajes de banho, etc. Por conta disso, é bem comum que se vejam mulheres usando burca e afins. 

Estou passando essas informações para que vocês fiquem atentos a isso e saibam respeitar os costumes locais. É bem importante entender que cada cultura tem uma forma de agir e por estarmos visitando o local devemos respeitar os costumes, sem alarde.

Melhor época para visitar as Maldivas

Como já foi mencionado acima, a melhor época para se visitar Maldivas é durante os meses de Novembro a Abril. Esse período é de muito sol, 

Importante mencionar que é bem difícil de se chegar nas Maldivas, eu recomendo que se fique pelo menos 6 dias no destino. Assim você consegue aproveitar bem o destino e curtir as praias e passeios sem jet lag. 

Maldivas - De Lugar Nenhum

Como chegar nas Maldivas

Não é nada fácil chegar nas Maldivas! O voo é demorado, cheio de escalas, com muitas horas… Mas garanto que vale a pena cada segundo. Qatar e Emirates são as companhias aéreas mais comuns para se fazer voos para as Maldivas. Outras companhias também voam, mas com menos frequência, como é o caso da Air France, Lufthansa, Swiss, Turkish, etc.

Os voos duram no mínimo 21 horas e sempre tem conexão. Nem sempre os voos para as Maldivas tem bagagem inclusa, portanto verifique antes de fechar a compra. Independentemente disso, se você for ficar pouco tempo, talvez nem seja necessário ter bagagem despachada, já que a bagagem de mão tem 10kg.

Melhores passeios nas Maldivas

Ainda assim, tem muito mais para se fazer nas Maldivas do que apenas curtir a praia. É possível fazer passeios e conhecer a ilha, além de fazer mergulho com cilindro ou snorkel, observar os animais marinhos incríveis e muito mais!

Visitar outras ilhas

Em segiuda, algumas ilhas maravilhosas para se visitar nas Maldivas são: O’Madhoo, Dhigurah, Thoddoo, Malé. 

Todas essas têm infraestrutura e praias e passeios incríveis para visitar, tomar banho de mar e até fazer mergulho com mantas, tubarões e outros peixes. Também é possível alugar caiaque, fazer passeio de barco, fazer um jantar romântico à luz de velas na areia da praia e muito mais.

Maldivas - De Lugar Nenhum

OBSERVAÇÕES: Você precisa ficar atento às sinalizações pois, por causa da religião local, nem todas as praias podem ser frequentadas de biquini. Em praias públicas, por exemplo, não é permitido usar biquini. Você precisa visitar as praias sinalizadas como “Bikini beach” para poder se banhar. Além disso, também existem restrições de bebidas alcoólicas e consumo de carne de porco. Use roupas discretas nesses locais públicos, como bermudas e blusas de manga curta e evite passar por desconforto com a população local. 

Algumas opções de hospedagem

A hospedagem é uma das questões mais complexas e que geram mais dúvidas sobre conhecer as Maldivas, já que é com esse item que se gasta a maior parte do seu orçamento (ou não!)

Dependendo da ilha que você escolher, é possível encontrar hospedagens bem acessíveis.

É possível se hospedar em bangalôs, hotéis na praia, ou hospedagens em hotéis menores, para aqueles que realmente querem economizar. Tudo implica no quanto você está disposto a gastar.

Pontos essenciais a se considerar

  • A distância do hotel da capital Malé. Isso implica diretamente no valor de transporte de Malé até a ilha do seu hotel. Quanto mais longe, mais caro. Para você ter uma ideia, há alguns hotéis tão distantes que só podem ser acessados de hidroavião, bem chique, mas custam cerca de US$500 dólares!
  • Logo depois, se você quer ficar em bangalôs em cima da água ou não. Os bangalôs são mais caros, mas valem a pena por proporcionarem a experiência completa de estar nas ilhas Maldivas. Valem, então, para casais em lua de mel que querem passar mais tempo aproveitando o resort e o bangalô.
  • Bem como, falando na hospedagem, a maioria das acomodações lá oferece alimentação. Então na hora de escolher aonde vai se hospedar, verifique qual o esquema do seu: café da manhã, pensão completa ou regime all inclusive. A pensão completa, ao mesmo tempo, consiste em toda a alimentação, e bebidas, exceto bebidas alcoólicas. Já o regime all inclusive também inclui bebidas alcoólicas e, em alguns locais, até inclui passeios e outras comodidades.

Aqui vão algumas hospedagens legais para você conhecer e, quem sabe, se hospedar!

Minhas sugestões são:

Veja todos os artigos sobre as Maldivas



Robba Caravieri
Aos 40 anos deixei meu país, o Brasil, para descobrir o mundo.

4 respostas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Navegue

Posts Relacionados


Fique por dentro

Inscreva-se na nossa newsletter e receba sempre em seu e-mail todas as novidades, promoções e dicas.
Basta digitar seu e-mail no campo abaixo e pronto!

© 2022 De Lugar Nenhum. Todos os direitos reservados.