História de Salvador

História de Salvador: A princípio, acidade de Salvador se chamava São Salvador da Bahia de Todos os Santos. O nome lembra que o local foi descoberto no Dia de Todos os Santos, pelo famoso Américo Vespúcio.

O primeiro povoado foi fundado em 1500 e foi elevado à cidade em 1549.

É uma das mais antigas das Américas e, depois de São Paulo e Rio de Janeiro, a mais populosa do Brasil, sendo sua capital até 1763.

Se você deseja conhecer Salvador e já pesquisou o que fazer na cidade e como se locomover, utilizando um bom serviço de aluguel de carros, por exemplo, saiba que,  para ter uma experiência completa na cidade, é importante, também, conhecer a sua história. 

Você sabia que a história de Salvador possui influência de navegadores, índios e religiões? Continue a leitura e aprenda tudo sobre o surgimento da capital baiana. 

Qual o tamanho de Salvador?

A cidade de Salvador desde já, está localizada na entrada da Baía de Todos os Santos, uma das mais importantes baías do território brasileiro, sendo a maior cidade do estado da Bahia, na região nordeste do Brasil. 

A área da cidade totaliza 309 km² (ou 692 km², se considerada a área da Baía de Todos os Santos). Sua densidade demográfica é de 4.166,6 habitantes/quilômetro quadrado, altitude de 8 metros.

Salvador possui clima tropical e faz parte da costa leste do estado, sendo cercada pelo Oceano Atlântico. As principais ilhas da cidade são Ilha de Maré, Ilha dos Frades e Ilha do Bom Jesus dos Passos.

A cidade não possui zona rural. Assim como, no geral, 39,5% de seus domicílios urbanos residem em ruas arborizadas. 

Salvador encontra-se em uma zona de clima de floresta tropical, mantendo um ambiente quente e úmido com temperaturas médias de 25 ° C durante todo o ano, com chuvas ocorrendo de maneira mais frequentes na cidade. 

O município possui relevo acidentado, com elevação desigual do terreno, principalmente no interior. No litoral da cidade, há predomínio de faixas estreitas de planície litorânea. Dá para notar com facilidade a diferença entre essas duas partes da cidade. 

Quantos habitantes tem Salvador?

Logo depois, Salvador tem uma população estimada de 2.900.319 habitantes, segundo estimativa do IBGE para 2021, considerado o 4º maior centro urbano em população no país.

A população de Salvador, por exemplo, está em constante crescimento, principalmente nos últimos anos, em que houve imigração de retorno. Além disso, há deslocamento da população que morava no interior baiano. 

A cidade também conta com o indicador de fecundidade acima da taxa de reposição populacional e uma expectativa de vida alta também. 

A população de Salvador é na maioria de pessoas negras e pardas. Uma curiosidade: a língua de origem africana “iorubá” ainda é praticada no local.

Salvador possui uma tradição religiosa bem forte, ou seja, principalmente quando falamos dos praticantes do candomblé e, ao mesmo tempo, do catolicismo.

A mistura de crenças é uma característica da população local. 

Além disso, o mesmo censo que citamos acima, apontou 7.552 indígenas residentes em Salvador, de uma população total à época de quase 2,7 milhões.

história de salvador - farol - de lugar nenhum
De acordo com os que visitam, um dos principais pontos turísticos da cidade!

Alguns desses índios, ainda estão fortemente ligados às aldeias onde têm suas raízes. Outros, provavelmente se declarando indígenas, perderam os laços com seus povos.

Em ambos os casos, muitos deles moram no distrito da Federação. Eles são atraídos tanto pela proximidade com a universidade, quanto pela presença de outras pessoas como eles.

História de Salvador

Em 29 de março de 1549 um grupo de portugueses chegou a Salvador em três navios, duas caravelas e um bergantim.

Com Tomé de Souza no comando por ordem do rei de Portugal, encontraram a Cidade-Fortaleza de São Salvador. Foi assim que nasceu Salvador. A cidade de Salvador é foi considerada uma das maiores cidades das Américas por muitos anos.

A cidade é, até hoje, o centro do catolicismo brasileiro. Salvador, por exemplo, foi a capital do Brasil até 1763, quando o Rio de Janeiro se tornou a nova capital.

Na década de 1990 houve um grande projeto governamental de limpeza e revitalização do Pelourinho, que ficou conhecido como Centro Histórico da cidade. 

Portanto, o Pelourinho é um grande centro cultural e o coração de Salvador nos dias de hoje.

Em seguida, a cidade também é conhecida pelo Carnaval, uma das festas mais agitadas do Brasil, acontece nas ruas ao som do Axé tocado nos trios elétricos!

As micaretas foram criadas no Carnaval de Salvador e frequentemente, são comemoradas em diferentes épocas do ano.

São também denominadas Carnaval fora de época.

Veja essa linha do tempo sobre a história de Salvador com alguns dos fatos importantes que aconteceram ao longo do tempo: 

  • 1549 – Fundação da cidade de Salvador como Capital;
  • 1763 – A capital por outro lado, foi transferida pro Rio de Janeiro;
  • Entre os séculos XVII e XVIII foi construída a Igreja e Convento de São Francisco;
  • 1990 – Governo cria projeto de revitalização e limpeza do Pelourinho, Centro Histórico da cidade;
  • 2014 – A Casa Rio Vermelho tornou-se um memorial aberto à visitação.

Considerações – A História de Salvador

Finalmente, já que você já conhece a história de Salvador, tem que lembrar dos lugares que não devem deixar de visitar quando fizer o planejamento da sua próxima viagem.  Você pode, por exemplo, visitar a Igreja e Convento de São Francisco, um monumento muito famoso na cidade.

Se você gosta de praia, não pode deixar de visitar a Ilha dos Frades, um pedacinho do paraíso na terra.

A Casa do Rio Vermelho, por exemplo, é um lugar incrível para quem gosta de literatura e, ao mesmo tempo, de história. Foi onde viveram, então, escritores baianos famosos, como Jorge Amado.

A Praia do Farol da Barra é outra muito famosa e está localizada em um bairro chamado Barra.

E claro, você tem que visitar o Pelourinho e suas casas coloridas, localizadas no Centro Histórico da cidade.

Leia também: O que fazer em Salvador e As comidas típicas da Bahia



Robba Caravieri
Aos 40 anos deixei meu país, o Brasil, para descobrir o mundo. Escolhi Barcelona para ser minha casa por enquanto, mas sou De Lugar Nenhum.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Navegue

Posts Relacionados


Fique por dentro

Inscreva-se na nossa newsletter e receba sempre em seu e-mail todas as novidades, promoções e dicas.
Basta digitar seu e-mail no campo abaixo e pronto!

© 2022 De Lugar Nenhum. Todos os direitos reservados.