reserva de emergência - de lugar nenhum

Já tem uma reserva de emergência? Muitos brasileiros acabam se endividando por não construírem uma reserva!

Ter uma reserva é ter um valor guardado para usar em caso de imprevistos como: enfermidades, pagamento de multas e outras demandas inesperadas.

Nós vamos te explicar o que é e como fazer a reserva de emergência, para que possa ter ótimos resultados em sua vida financeira.

Evitando que eventualmente tenha que lidar com problemas por não ter se programado com a devida antecedência.

O que é a reserva de emergência?

A reserva de emergência consiste em juntar o valor equivalente a 6 meses de seu custo de vida, colocando o dinheiro em algum investimento de alta liquidez.

Geralmente, as pessoas usam o CDB de liquidez diária para que o dinheiro da reserva de emergência possa render todos os dias e ficar guardado para eventuais necessidades.

Somente a partir da reserva de emergência é que se pode começar a investir e fazer planos com o dinheiro. Tendo em vista que, o capital estará reservado para emergências com liquidez.

E a partir de então, é possível usar os outros valores que já acumulou para investir com menor liquidez e maior rentabilidade.

Toda pessoa precisa ter uma reserva de emergência

A reserva de emergência é importante para dar estabilidade financeira. Evitando que no cotidiano tenha que lidar com imprevistos e acabar se endividando por causa da falta da reserva.

Afinal, os imprevistos são comuns na vida de todas as pessoas, mas aquelas que possuem um valor reservado para lidar com as demandas do dia a dia conseguem ter uma performance financeira melhor.

Evitando que as dívidas se tornem um problema com o qual lidar após ter sido surpreendido por alguma demanda extra.

Não é necessário juntar todo o capital da reserva de uma vez! Suponha que seu custo de vida é de R$3 mil ao mês. É natural que não tenha o valor total para guardar todos os meses por 6 meses.

No entanto, deverá escolher uma boa aplicação para que possa aplicar uma parte de seu capital todos os meses até atingir o valor de 6 meses de seu custo de vida.

Esse dinheiro é muito importante para você procurar emprego em caso de demissão, por exemplo.

Isso vai evitar que a situação ocasione um grande impacto negativo em suas finanças.

Posso começar a investir quando ainda estou fazendo reserva de emergência?

Suponha que falta apenas o valor de 1 mês de seu custo de vida para compor a sua reserva de emergência, que é de 6 meses.

Ao observar que o dinheiro está rendendo no CDB de liquidez diária ou outro investimento de alta liquidez, é natural querer melhorar os rendimentos de seus aportes mensais.

Quem faz um aporte de R$1000 ao mês para a reserva de emergência pode optar por começar a investir R$700 na reserva e R$300 em outro investimento seguro e mais rentável com menos liquidez.

Até que consiga atingir o valor mínimo de 6 meses de custo de vida e possa colocar 100% de seu capital mensal disponível para investir em produtos de sua preferência.

Tendo acumulado os 5 meses de reserva de emergência, não há um problema tão significativo em querer começar a diversificar. Uma vez que, a quantia já é suficiente para evitar que se endivide em caso de alguma emergência.

Quando é a hora de usar a reserva?

Sua reserva de emergência pode ser usada para tudo que não está previsto em seu orçamento:

  • Uma multa de trânsito
  • Conserto de algo que quebrou
  • Demais demandas extras.

O valor que ultrapassa o da sua reserva de 6 meses, pelos rendimentos, você pode tirar para realocar em investimento que ofereça maior rentabilidade.

Suponha que sua reserva de 6 meses é de R$18 mil. É natural que no CDB de liquidez diária o valor renda e apresente uma quantia interessante após 1 mês parado.

Esse excedente você pode usar para outros investimentos, sem deixar capital abaixo dos R$18 mil disponíveis para emergências. Aproveite as dicas e monte sua reserva a partir de agora.



Robba Caravieri
Aos 40 anos deixei meu país, o Brasil, para descobrir o mundo. Escolhi Barcelona para ser minha casa por enquanto, mas sou De Lugar Nenhum.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Navegue

Posts Relacionados


Fique por dentro

Inscreva-se na nossa newsletter e receba sempre em seu e-mail todas as novidades, promoções e dicas.
Basta digitar seu e-mail no campo abaixo e pronto!

© 2022 De Lugar Nenhum. Todos os direitos reservados.