passeio em nova york brooklyn bridge

Nova York é uma cidade repleta de pontos turísticos, restaurantes, museus e eventos culturais. Se acaso você está planejando uma viagem de vários dias, ou apenas quer pesquisar a melhor opção de passeio em Nova York, então você está no lugar certo!

Isso porque aqui você encontrará informações das melhores atrações, passeios imperdíveis e o melhor que Nova York tem a oferecer de maneira bastante organizada e fácil. Além disso, também incluímos links se você quer agendar e reservar estes passeios para deixar a sua viagem organizada e não ter mais que se preocupar! Vamos lá?


Por que visitar Nova York?

Antes de falar sobre os passeios, vale a pena entender porque muitos visitantes adoram viajar para Nova York. Se você já se decidiu em fazer uma viagem para Nova York, então pode pular essa seção e ir direto ao ponto.

O fato é que a abundância de pontos turísticos, tesouros culturais, a beleza das paisagens, os muitos parques e espaços verdes e sua energia vibrante fazem que Nova York tenha uma identidade icônica. Isso significa que em uma viagem para lá, você encontra uma variedade de passeios interessantes nos mais diferentes temas, seja aventuras na cidade, atividades sublimes e restaurantes civilizados ou decadentes.

Ademais, Nova York é também surpreendentemente amigável às crianças. Não só com uma diversidade de museus que se concentram em atividades para elas, mas também grandes parques e playgrounds.

Já adiantamos que em Nova York há uma mistura de atividades, e se você se organizar bem, terá tempo suficiente para explorar os lugares que mais chamam a sua atenção.

O que fazer na primeira vez em Nova York?

Para ser franco, há mais de 300 atrações diferentes na cidade de Nova York, que incluem conhecer a agitada Bolsa de Nova York, os pacíficos Campos de Morangos do Central Park, as sinagogas históricas aos deslumbrantes arranha-céus. No entanto, existem as top 10 atrações que não podem faltar na primeira vez na cidade. São elas:

  • Ellis Island
  • Empire State Building
  • Fifth Avenue
  • Rockefeller Center
  • Museum of Modern Art (MoMA)
  • Central Park
  • Metropolitan Museum of Art
  • Brooklyn Bridge
  • Chinatown
  • Estátua da Liberdade

A seguir comentamos cada uma delas para servir com uma guia de economia de tempo para os pontos turísticos mais notáveis de Nova Iorque para você.

Ellis Island

passeio em nova york ellis island
Ellis Island é uma ilha localizada no porto de Nova York, incorporada desde 1965 no Monumento Nacional da Estátua da Liberdade. Desde o século XIX, é o ponto de inspeção legal e médica para imigrantes que chegam aos Estados Unidos por via marítima.

A Ilha Ellis é uma pequena ilha no porto de Nova York, na parte superior da baía perto de Nova Jersey. É uma ótima opção de passeio em Nova York com a família. Pode-se dizer que metade da população da América pode ter as suas raízes em Ellis Island, que serviu como ponto de imigração do país entre 1892 e 1954. Aliás, quase 12 milhões de pessoas passaram por seus portões e se dispersaram pelo país na maior onda de migração que o mundo já conheceu!

Já no Great Hall (Grande Salão) ou Sala de Registro, você poderá conhecer o que hoje é o Museu da Imigração de Ellis Island, que conta com três andares de muita história. Grande parte desta história é contada com fotos e vozes de imigrantes reais, e um banco de dados eletrônico que rastreia os antepassados de muita gente.

No lado de fora, está o American Immigrant Wall of Honor, o maior muro de nomes em um monumento nacional do mundo! Aliás, o Muro de Honra do Imigrante Americano é o único lugar nos Estados Unidos onde se pode honrar um ente querido em um monumento nacional. Está aberto a imigrantes de todas as épocas.

Ao inscrever um nome (a partir de $225), você celebra sua herança familiar e, ao mesmo tempo, apoia a missão da Fundação de restaurar e preservar a Estátua da Liberdade e a Ilha Ellis. Reserve aqui a sua visita antecipada para evitar as multidões.


Empire State Building

passeio em nova york empire state building
O Empire State Building é um arranha-céu de escritórios de 102 andares na cidade de Nova York. Seu nome vem do apelido do estado de Nova York, o Empire State. Foi construído entre 1929 e 1931, durante a Grande Depressão. Tem 102 andares e uma altura total de 381 metros.

Outro passeio em Nova York imperdível é o Empire State Building, um dos arranha-céus mais altos dos Estados Unidos. Com o nome do apelido do estado, ele se tornou um símbolo duradouro da cidade. A construção começou em março de 1930, não muito depois do Crash Wall Street, e quando abriu em 1931 o espaço era tão difícil de alugar que foi apelidado de “Empty State Building”.

Outra curiosidade sobre a construção do edifício, é que ele foi projetado para facilitar a velocidade da construção. Ou seja, em tudo que era possível, as partes foram pré-fabricadas e encaixados em uma velocidade impressionante.

A saber, somente a popularidade imediata dos observatórios salvou a construção da falência, que ainda atraem mais de 3,5 milhões de visitantes por ano! O observatório do andar 86 oferece vistas magníficas, tanto das suas galerias internas como também do deck externo de 360°. Já o observatório do andar 102, a 381 m de altura, requer uma taxa extra, que podem ser adquiridas no Centro de Visitantes do segundo andar ou online.


Fifth Avenue

passeio em nova york
A Quinta Avenida é uma das principais artérias do centro de Manhattan, na cidade de Nova York. Repleta de apartamentos de luxo e mansões históricas, a Quinta Avenida é um símbolo do boom econômico da cidade.

Em 1883, quando William Henry Vanderbilt construiu sua mansão na Fifth Avenue e 51st Street, ele iniciou uma tendência na época que resultou em residências palacianas que se estendem até o Central Park, construídas para famílias de alto nível como os Astors, Belmonts e Goulds. Aliás, ainda é possível ver algumas destas mansões que retratam a grandeza da época: uma delas é a loja de arte na 651 Fifth Avenue, que já foi a casa da fábrica Morton F. Plant, milionária e comodoro do New York Yacht Club.

No entanto, a movimentada história da Fifth Avenue não cessou suas mudanças com essa tendência, já que em 1906, quando os varejistas se deslocaram para o norte pela avenida, outra mudança começou e que marcou a Fifth Avenue como sinônimo de bens e de luxo. Foi quando a sociedade gradualmente se deslocou para a parte alta da cidade e, em 1917, Plant mudou-se para uma mansão na 86th Street. No que diz a lenda, ele trocou sua antiga mansão a Pierre Cartier por um colar de pérolas perfeitamente combinadas.

Atualmente, de Cartier na 52nd Street para Henri Bendel na 56th e Tiffany e Bergdorf Goodman na 57th, você encontrará muitas marcas que simbolizam riqueza e posição social, assim como Astor e Vanderbilt fizeram há mais de um século.


Rockefeller Center

passeio em nova york rockfeller center
O Rockefeller Center é um grande complexo de edifícios destinado a uso comercial, lazer e negócios, que está localizado em Nova York. Está localizado em Midtown, entre a Quinta e a Sexta Avenidas no bairro de Manhattan.

Quando a Comissão de Preservação de Marcos da Cidade de Nova York votou unanimemente para declarar o Centro Rockefeller um marco em 1985, eles o chamaram de “O coração de Nova York… uma grande presença unificadora no núcleo caótico da cidade central de Manhattan”. E, com razão, é o maior complexo privado de seu tipo.

O projeto Art Deco foi feito por uma equipe de arquitetos de primeira linha, liderada por Raymond Hood. Aliás, obras de 30 artistas podem ser encontradas nos foyers, nas fachadas e nos jardins.

O local, outrora um jardim botânico de propriedade da Universidade de Columbia, foi alugado em 1928 por John D. Rockefeller Jr. para ser uma grande casas de ópera. No entanto, quando a Grande Depressão de 1929 atingiu Nova York, Rockefeller mudou os planos, e começou um empreendimento de 14 edifícios entre 1931 e 1940.

A saber, esse empreendimento de Rockfeller proporcionou empregos para até 225.000 pessoas durante a Depressão e, em 1973, o complexo já tinha 19 edifícios! Em dezembro de 1932, a Radio City Music Hall foi inaugurada dentro do complexo. Ainda hospeda aqui seus famosos shows de Natal e Páscoa.

De fato, o centro Rockfeller é um passeio em Nova York que não pode ficar de fora da sua lista. Isso porque o Rockefeller Plaza abriga uma famosa pista de patinação no inverno! Ademais, é também o local de uma famosa árvore de Natal, e de um impressionante observatório, o Top of the Rock, um observatório nos andares 67 a 70.


Museum of Modern Art (MoMA)

passeio em nova york MoMA
O Museu de Arte Moderna (MoMA) é um museu de arte localizado em Midtown Manhattan, Nova York, na 53rd Street entre a Quinta e a Sexta Avenidas. Ótima opção de passeio em Nova York para quem ama cultura.

O MoMA contém uma das coleções mais completas de arte moderna do mundo! Fundada em 1929, ela estabeleceu o padrão para museus deste tipo. Após uma expansão programa, o MoMA em Midtown foi reaberto em 2004 e o edifício renovado trouxe um espaço para galerias em seis andares, quase o dobro do antigo museu.

Expansos de vidro permitem abundante luz natural tanto para penetrar no interior da construção e para banhar o jardim da escultura, fazem deste lugar um passeio em Nova York perfeito para os amantes das artes.

A saber, o MoMA tem aproximadamente 150.000 obras de arte que vão desde clássicos pós-impressionistas até uma inigualável coleção de arte moderna e contemporânea, de bons exemplos de design para as primeiras obras-primas de fotografia e filme. Reserve seu ingresso aqui!


Central Park

passeio em nova york central park
O Central Park é um parque urbano público localizado no distrito metropolitano de Manhattan, na cidade de Nova York, Estados Unidos. O parque tem formato retangular e dimensões aproximadas de 4.000 x 800 m, sendo maior em tamanho que as duas menores nações do mundo.

O “quintal” da cidade foi criado em 1858 por Frederick Law Olmsted e Calvert Vaux em um local pouco promissor de pedreiras, fazendas de porcos, pantanal, e barracos. E a obra com cinco milhões de metros cúbicos de pedra, terra e solo transformaram esse local no exuberante parque de 843 acres de
hoje.

Em um passeio em Nova York pelo Central Park você verá colinas panorâmicas, lagos, e exuberantes prados, salpicados de afloramentos de Manhattan, e plantado com mais de 500.000 árvores e arbustos.

Com o passar dos anos, o parque floresceu ainda mais, e hoje conta com playgrounds, pistas de patinação, campos de bolas, e espaços para todas outras atividades, desde o xadrez e croquete a concertos e eventos.

A saber, os carros não são permitidos nos fins de semana, dando a ciclistas, patinadores e corredores o direito de passagem.


Metropolitan Museum of Art

passeio em nova york metropolitan museu of art (met)
O Metropolitan Museum of Art, ou simplesmente o Met, é um museu de arte na cidade de Nova York e um dos museus de arte mais proeminentes e visitados do mundo. Localizado na cidade de Nova York, no centro de Manhattan, no lado leste do Central Park, na Quinta Avenida na 82nd Street.

Fundada em 1870 por um grupo de artistas e filantropos que sonhavam com uma instituição de arte americana para rivalizar com as de Europa, podemos dizer que esta coleção é a mais abrangente do mundo ocidental.

Ainda que o movimento começou um pouco antes, o museu foi, de fato, inaugurado em 1880 e abriga coleções de todos os continentes. Aliás, são tantos itens, que o acervo conta com oras que datam desde a época pré-histórica até a presente. As galerias grega e romana são especialmente populares.

A saber, a maioria das coleções está nos dois andares principais. Obras de 19 áreas de curadoria estão nas galerias permanentes, com seções designadas para exposições temporárias. O carro chefe nos primeiro e segundo andares são pinturas europeias, escultura e arte decorativa.


Brooklyn Bridge

passeio em nova york brooklyn bridge
A ponte do Brooklyn conecta os bairros de Manhattan e Brooklyn, na cidade de Nova York. Foi construída entre 1870 e 1883 e, na época de sua inauguração, era a maior ponte suspensa do mundo.

Concluída em 1883, a Ponte do Brooklyn foi a maior ponte suspensa e a primeira a ser construída em aço. A ponte liga Manhattan e Brooklyn, anteriormente duas cidades separadas.

Curiosamente, o engenheiro John A. Roebling concebeu a ponte que atravessava o East River enquanto estava no gelo em uma balsa para o Brooklyn. A ponte levou 16 anos para ser construída, exigiu 600 trabalhadores e ceifou mais de 20 vidas, incluindo a de Roebling. A maioria das pessoas morreu da doença do caixão (conhecida como “as curvas”) após sair das câmaras de escavação submarinas.

Roebling, nascido na Alemanha, foi o responsável por projetar a ponte. Em 1869, pouco antes do início da construção, seu pé foi esmagado entre duas balsas. Ele morreu três semanas depois e seu filho, Washington Roebling, terminou a ponte.

No entanto, em 1872 ele ficou parcialmente paralisado sofrendo da doença do caixão. Sua esposa, sob sua tutela, então assumiu o controle. Em suma, um passeio em Nova York pela Ponte do Brooklyn é uma ótima oportunidade para conhecer mais da história da cidade.


Chinatown

passeio em nova york chinatown
Chinatown é um bairro movimentado e densamente povoado que atrai turistas pelos vários restaurantes que servem comida típica.

A Chinatown do início do século XX era principalmente uma comunidade de chineses masculina, formada por imigrantes que tinham ido para a Califórnia pela primeira vez. Os salários eram enviados para casa de suas famílias na China, que eram impedidas de se juntar a eles pelas leis de imigração dos EUA. Nesta época, era comum ver os homens relaxando ao joganr mahjong.

A comunidade permaneceu isolada do resto da cidade por muito tempo, financiada e controlada por suas próprias organizações secretas, os Tongs. Alguns dos Tongs eram simplesmente associações familiares que forneciam empréstimos a algumas pessoas. Outros, como os On Leong e os Hip Sing, que estavam em guerra uns com os outros, por outro lado, eram fraternidades criminosas. A pequena e tortuosa rua Doyers era chamada de “Bloody Angle”, isso porque os inimigos eram atraídos por membros de gangues que esperavam na curva.

No decorrer da história, uma trégua entre os Tongs em 1933 trouxe paz à área. E em 1940, Chinatown atraiu e passou a ser o lar de muitos membros de família de classe média. Imigrantes e empresas de Hong Kong também trouxeram prosperidade pós-guerra para a comunidade. Então, ouve um desenvolvimento considerável na região. Hoje, mais de 80.000 chineses e americanos vivem aqui.

Muitos visitam a vizinhança para experimentar a culinária, mas há muito mais o que fazer aqui do que comer. Há galerias, lojas de antiguidades e curiós, e festivais asiáticos. Para vislumbrar outro lado da Chinatown, entre no Templo Budista dos Estados do Leste com cheiro de incenso na rua 64b Mott, onde as ofertas são empilhadas para cima e mais de 100 Budas de ouro brilhar à luz das velas.


Estátua da Liberdade

Estátua da Liberdade, Estados Unidos.
Estátua da Liberdade, Nova York.

Como um presente dos franceses para o povo americano, a Estátua da Liberdade criada pelo escultor Frédéric-Auguste Bartholdi se tornou um símbolo de liberdade em todo o mundo. No poema de Emma Lazarus, que está gravado na base, Lady Liberty diz: “Give me your tired, your poor, Your huddled masses yearning to breathe free.” (tradução livre: Dê-me seus cansados, seus pobres, suas massas amontoadas ansiando por respirar livremente”).

Revelada pelo Presidente Grover Cleveland em 28 de outubro de 1886, a estátua foi restaurada a tempo para seu centésimo aniversário em 1986. O acesso público à varanda ao redor da tocha tem sido barrado por razões de segurança desde 1916.

A saber, algumas curiosidades incluem seu tamanho, já que o monumento da Estátua da Liberdade tem 93 metros de altura do chão até a tocha e seu peso, em torno de 225 toneladas.


Qual a melhor forma de se locomover em Nova York?

Com mais de 6.000 milhas (9.650 km) de ruas, se locomover em Nova York pode parece um problema, mas a cidade é, na verdade, uma rede de pequenos bairros conectados facilmente via metrô ou ônibus.

Cada um destes bairros são bastantes andáveis ou de fácil acesso em transporte público. Midtown Manhattan, por exemplo, com muitos dos principais pontos turísticos, tem 25 quarteirões das ruas 34 a 59 com ônibus que param em vários pontos e que desce a Quinta Avenida ou sobe a Sexta Avenida.

Os metrôs são a forma mais rápida para se locomover. O serviço conta com viagens rápidas e frequentes, são baratos e confiáveis, e eles fazer paradas em toda Manhattan. O serviço de ônibus da cidade também é confiável e conveniente, mas pode ser lento no trânsito.

Para fazer seu passeio em Nova York, vale a pena considerar o MetroCards, válidos para todos os transportes públicos por um excelente valor. Os táxis são a melhor opção para o trânsito de porta em porta, mas elas podem ser caras se você ficar retido pelo tráfego.

Qual é o melhor mês para ir para Nova York?

passeio em nova york guia em português melhor época para visitar
Em Nova York, o verdadeiro outono começa em outubro, um mês que ainda lhe dá uma mistura de dias quentes e frios, poucos dias de chuva e belas paisagens de folhagem em parques urbanos como o Central Park, ou ao longo da Boulevard como a Park Avenue, ou na parte norte de Manhattan.

Setembro e outubro são os meses de mais agradáveis em Nova York, oferecendo dias quentes, noites frias, e folhas coloridas nos parques urbanos. A primavera tardia também é interessante, quando a cidade é menos lotada e úmida.

Os verões podem ser desagradavelmente quentes, mas é uma boa opção para um passeio em Nova York ao ar livre ou para assistir a concertos ao ar livre, peças de teatro, e eventos esportivos.

O Natal na cidade é maravilhoso, embora você tenha que compartilhar sua experiência com milhares de outros turistas. Em função do tempo, qualquer temporada pode ser imprevisível, isto é, esteja sempre preparado para mudanças e chuvas inesperadas.

Como economizar em Nova York?

passeio em nova york guia em português como economizar
Os estandes de desconto TKTS são a maneira perfeita para todos experimentarem as artes em Nova York a preços acessíveis. Escolha entre uma grande variedade de musicais da Broadway e Off Broadway, peças de teatro e produções de dança à venda todos os dias com 20% a 50% de desconto nos preços normais.

Há muitas maneiras de aproveitar o melhor de Novo York economizando. A primeira delas é buscar o estande TKTS, próximo a Times Square, que oferece meia entrada de preço para espetáculos do dia da Broadway e descontos nas refeições com menu em alguns restaurantes.

Outra dica legal é que o Atrium David Rubenstein, em frente ao Lincoln Center, oferece ingressos com desconto para espetáculos ancestrais no mesmo dia, além de um show gratuito no próprio Atrium às quintas-feiras às 20 h 30 min.

Ademais, a Filarmônica de Nova York convida os visitantes para ensaios por apenas US$16, e a Juilliard School oferece ingressos com desconto para apresentações no mesmo dia, além de um concerto gratuito no próprio Atrium às quintas-feiras às 20 h 30 min.

No verão, você pode assistir à peça de Shakespeare gratuitamente ou concertos de música da Filarmônica da Ópera Metropolitana no Central Park. Também vale a pena buscar ingressos gratuitos com antecedência nessa época nos programas de TV produzidos na cidade.

Ah, também há o New York Pass que, embora não seja barato, é um bom valor para aqueles que planejam ver muitas atrações turísticas de Nova York. Ele oferece entrada gratuita para mais de 50 atrações, desde museus ao Empire State Building e cruzeiros fluviais. O New York City Pass dá aos titulares a entrada em seis pontos turísticos obrigatórios na cidade.

Qual a melhor localização para ficar em Nova York?

passeio em nova york qual o melhor lugar para ficar
Manhattan é uma ilha fluvial no rio Hudson e também um dos cinco bairros ou distritos que compõem a cidade de Nova York, nos Estados Unidos. O distrito tem os mesmos limites do condado de Nova York e inclui a ilha de Manhattan, bem como outras pequenas ilhas, além de uma pequena porção do continente.

Nova York é uma cidade tão grande, que é difícil simplesmente dizer “fique em Manhattan” ou “fique no Queens”. Isso porque há grandes lugares e áreas ruins a evitar dentro dos principais bairros. No entanto, em uma viagem de turismo o melhor lugar para ficar é, sem dúvida, Manhattan, principalmente se é a sua primeira visita na cidade. A razão é que os principais pontos turísticos estão nesse bairro (ou próximas a ele).

Já para os viajantes que buscam o essencial, há hospedagens baratas disponíveis em várias áreas de Nova York, principalmente em Chelsea, no Garment District e no Upper West Side, e em menor grau em bairros importantes como o Upper Midtown.

Onde ficar em Nova York barato?

passeio em nova york onde ficar barato
Na Ilha de Manhattan você encontrará as acomodações mais acessíveis no Harlem. Você pode encontrar pequenas joias em outras partes da cidade como no Chelsea Pines Inn (Great Value) em Lower Manhattan. Outra opção é Long Island, no Queens, do outro lado do East River e de frente para Manhattan.

Com mais de 90.000 quartos de hotel disponíveis, Nova York oferece hospedagem para todos os gostos e bolsos. Sem dúvida, os melhores hotéis da cidade estão entre os mais caros dos Estados Unidos, mas também há muitos hotéis com orçamento e preços médios.

Embora muitos destes sejam básicos e não encantadores, eles oferecem um bom custo-benefício. Se acaso você quer realmente economizar, outras opções de orçamento são apartamentos mobiliados, estúdios, pousadas, bem como albergues da juventude e YMCAs.

Veja algumas opções de onde ficar em Nova York barato:

  • The Harlem Flophouse
  • Off Soho Suites
  • Americana Inn
  • Pod 51

The Harlem Flophouse

No Harlem Flophouse você encontra quartos aconchegantes com decoração antiga. Todos os quartos possuem e banheiros compartilhados.

Off SoHo Suites

No Off SoHo Suites você encontra suítes econômicas em estilo moderno. Há um espaço comum com TV a cabo de tela plana e sofá-cama. Ademais, há uma área de jantar. É bastante simples mas essencial para dormir e passar o dia na rua.

Americana Inn

No Americana Inn você encontra quartos básicos com banheiros compartilhados. Cada piso tem uma cozinha comunitária. O lado positivo é que este hotel tem uma ótima localização. Fica em Manhattan a apenas 1 quarteirão da 5ª Avenida.

Pod 51

O Pod 51 é um dos melhores hotéis baratos de Nova York. Os quartos são pequeno e “em forma de vagem”, mas bem distribuído e com móveis coloridos, camas confortáveis, e TVs. Há uma área comunitária com murais brilhantes, mesas, um simpático porteiro, e um café/bar com um happy hour diário. Relaxe no telhado, rodeado pelos arranha-céus de Midtown.

Perguntas Frequentes

Qual o mês mais barato para ir para Nova York?

Os meses mais baratos do ano para viajar para Nova York são de janeiro a março. É nestes 3 meses que os custos, tanto de voos, como de hotel, são, em média, os mais baixos de todo o ano.

Onde ficar em Nova York?

Se é a sua primeira vez em Nova York, você deve buscar algo em Midtown Manhattan. É central, perto do Central Park, Chelsea e Times Square, e está bem conectado ao resto da cidade através do metrô. Já se estiver com orçamento limitado, a melhor área para ficar em Nova York é Long Island City (Queens).



Robba Caravieri
Aos 40 anos deixei meu país, o Brasil, para descobrir o mundo. Escolhi Barcelona para ser minha casa por enquanto, mas sou De Lugar Nenhum.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Navegue

Posts Relacionados


Fique por dentro

Inscreva-se na nossa newsletter e receba sempre em seu e-mail todas as novidades, promoções e dicas.
Basta digitar seu e-mail no campo abaixo e pronto!

© 2022 De Lugar Nenhum. Todos os direitos reservados.