Foto de um quarto compartilhado de um hostel.

Você já se perguntou alguma vez o que é um hostel e como funciona? Você sabe qual a diferença entre hostel e hostal? Sim, tem muita gente que não sabe, e isso não é nenhum problema! Afinal, se você está aqui você saberá o significado de um hostel e muito mais!

Claro, tem muita gente que está ouvindo falar pela primeira vez e pode soar estranho. No entanto, é algo que você precisa saber se não quiser perder oportunidades incríveis de uma viagem com economia, de trocas culturais e, até mesmo, de possibilidades de trabalhar em troca da sua hospedagem!

Então vamos ao que interessa? O que é um hostel e como funciona?

O que significa hostel?

A palavra hostel vem do latim “hospitale” que significa “pousada” ou “casa grande”. Pense em um hostel como uma pousada. Muitas vezes você pode ficar em um desses lugares por relativamente pouco dinheiro porque várias camas estão em um quarto compartilhado com outros hóspedes.

Ok, mas o que é um hostel?

Pela definição, um hostel é um estabelecimento que oferece alimentação e hospedagem a baixo custo para um grupo específico de pessoas como, por exemplo, estudantes, trabalhadores ou viajantes. Em outras palavras, um hostel é uma acomodação econômica que funciona com um mínimo de um dormitório e um banheiro compartilhados, além de uma área comum.

Há algum tempo, os hostels eram denominados “Albergues da Juventude”, já que a hospedagem era focada para esse grupo de pessoas. No entanto, esse conceito mudou um pouco com o passar dos anos. E é uma mudança muito justa! Explicamos o porquê.

O termo albergue da juventude exclui, já pelo nome, um monte de viajantes, além de assustar um pouco outras pessoas. Dependendo do ponto de vista, até diminui a importância desse tipo de hospedagem, já que diz que é da juventude. Afinal, o que é juventude?

De fato, há muitos jovens que se hospedam em hostels e arrasam MUITO. Mas, talvez o nome era esse porque, frequentemente, era esse o grupo que se hospedava nesses lugares. Isso porque, principalmente, é um tipo de hospedagem mais econômica e compartilhada.

Qual a diferença entre hostel e hostal?

Um hostal não é um hostel e tampouco um hotel. Podemos dizer que é algo entre os dois.

Um hostel oferece um tipo de acomodação compartilhada, normalmente em dormitórios. Já um hostal oferece quartos, ou apartamentos, dentro de uma instalação que é, em muitos casos, familiar. Ao contrário dos hostels, os quartos de hostal são muito mais confortáveis ​​e com menos camas.

Bom, agora que você sabe o que é um hostel, vamos ver como funciona!

E como um hostel funciona?

Em um hostel, os hóspedes alugam uma cama que, via de regra, fica em um dormitório compartilhado. A maioria dos hostels também oferecem lounge e cozinha compartilhados, para que as pessoas possam socializar e interagir. No entanto, também é comum encontrar hostels que oferecem quartos privativos, por uma taxa mais alta, com ou sem banheiro compartilhado.

Ou seja, ao invés de pagar por um quarto, você paga por uma cama. E isso diminui muito o custo da sua hospedagem. Às vezes em até 90% do valor se comparamos com hotéis.

E você não precisa se preocupar com roupa de cama ou toalha, já que muitos hostels oferecem isso na diária. No entanto, veja na sua reserva se está incluído, pois, pode variar. Além disso, você encontrará shampoos, sabonetes ou pastas de dentes no banheiro. Não se assuste, já que pessoas deixaram lá estes utensílios por opção, justamente para que outros hóspedes possam usá-los.

Gostou de como funciona um hostel? Vamos saber agora outras informações importantes.

Mas… dividir quarto com quem? Um hostel misto é perigoso?

O quarto é compartilhado com outros viajantes, e podem ter entre 4 até 20 camas de estilo beliche. E é por isso que diminui muito o custo da hospedagem.

Se você é mulher, deve estar pensando: mas eu vou dividir quarto com homens? E a minha segurança e privacidade? Vou poder trocar minha roupa? E é um pensamento justo.

Afinal, hostels são perigosos? A resposta é não. É possível estar 100% seguro? Não, mas é como em qualquer outra situação. Na medida do possível, os hostels têm recepção 24 horas, fechaduras nas portas e, em muitos casos, acesso apenas com cartão-chave em cada corredor. Isso para serem tão seguros quanto um hotel.

Ainda assim, se você não se sentir confortável, saiba que existem hostels que com quartos somente para mulheres. No momento de fazer a sua reserva, você verá isso especificado.

Ah! E já que estamos falando de privacidade, vamos ser muito francos: não há! Se você quer privacidade, é melhor escolher um hotel!

Então um hostel é seguro?

Na nossa minha opinião, sim. Claro, como comentamos anteriormente, é importante tomar cuidado com os seus pertences como em todo lugar.

Geralmente, os hostels tem armário e você tem que levar um cadeado, ou alugar um com eles, para largar suas coisas lá. Importante: mantenha os documentos como o passaporte sempre com você.

No quarto do hostel tem banheiro?

Alguns hostels tem um banheiro para cada quarto, outros têm um banheiro em cada andar. Ou seja, isso depende do hostel que você se hospedará. Mas qual a diferença? É pouca.

É quase tudo a mesma coisa, pois, quando fazemos esse tipo de hospedagem, compartilharemos com outras pessoas igualmente. Geralmente o banheiro é separado, claro. Há um masculino e outro feminino. Mas é isso, tenha em mente que o banheiro do hostel também é compartilhado entre os hóspedes, é assim que é e como funciona.

Qual a vantagem de ficar em um hostel?

Em um hostel você costuma ver todo tipo de gente, cultura e idiomas. De fato, é uma delícia, desde que o tema da viagem seja esse mais aventureiro. Por isso, as principais vantagens de se hospedar em hostel são:

  • Economia: é um fato que hostels são mais baratos que hotéis. A vantagem é que você economiza na hospedagem para gastar com outras coisas na viagem.
  • Conhecer pessoas: você dividirá o espaço com pessoas totalmente diferentes de você, isso é muito legal!
  • Ambiente alegre: hostels são conhecidos pela hospitalidade oferecidas pela equipe.
  • Atividades em grupo: é muito fácil organizar um free walking tour com mais pessoas do hostel, já que muitas delas também viajam só.

Quanto custa um hostel?

Depende, claro. Os valores mudam de acordo com vários fatores como, por exemplo, o destino, a localização e os serviços incluídos. Para facilitar um pouco a sua pesquisa, incluímos aqui algumas opções:

O que é e como funciona o café da manhã em um hostel?

Geralmente o hostel não tem café da manhã. Mas como sabemos, toda regra tem uma exceção. Ou seja, há hostels com café da manhã, ainda que simples. Um exemplo é o Mostel Sofia, na cidade de Sofia, na Bulgária.

Neste caso há pão, café, leite e fruta. É, realmente, muito simples, mas para quem quer economizar… E nesse hostel tem, também, jantar incluído. É uma macarronada compartilhada pelos hóspedes.

Mesmo que não haja café da manhã, quase todos os hostels tem cozinha, que você pode usar para preparar a sua refeição. Atente-se sempre à regra de deixar tudo limpinho e no lugar que achou. Além disso, alguns hostels já tem óleo, sal e uns temperos para você usar. Então não faz falta comprá-los, mas se quiser contribuir, fique a vontade!

Quase todo hostel também tem um bar e vende suas bebidinhas. Aliás, essa parte de um hostel é sempre onde rola as festinhas, música e jogos de tabuleiro. De fato, é super divertido e é onde você faz amigos e conhece pessoas de todo canto do mundo!

Café da manhã em um hostel Aliás, o que é um hostel?
Um café da manhã de um hostel na Inglaterra.

Quais os hostels mais legais do mundo?

Tem hostels que são disputadíssimos, muito legais e especiais, sabia? Aqui vão alguns exemplos com o link para você fazer a reserva.

We Hostel – São Paulo/BR

O Brasil tem ótimas (e muitas) opções de hostels para os mochileiros. Um deles é o We Hostel em São Paulo. É um casarão antigo, lindo e super confortável. Tem muitos serviços, como desconto no Uber, entrada para festas na cidade e roteiros para conhecer São Paulo.

Galery Hostels – Porto/PT

Em seguida, um dos hostels mais legais da cidade do Porto, em Portugal, é o Galery, é muito bem localizado e muito próximo de toda a vida noturna da linda cidade. É um prédio que foi construído em 1906, mas está completamente reformado.

The Printing House Poshtel – Bangkok/TA

Esse hostel é simplesmente maravilhoso, moderno e lindo. O Printing House, na cidade de Bangkok, tem bicicletas gratuitas para você passear na cidade, bar e recepção 24h.

Além disso, tem café da manhã e, se você visitar a cidade com amigos, eles têm quarto quadruplo privado por uma tarifa especial. Fica pertinho do templo Wat Saket, do Museu Nacional de Bangkok e da avenida Khao San.

Generator Hostel – Londres/EN

O Generator é um hostel super animado e enorme. Ele fica no coração da cidade, pertinho de tudo, e tem 1000 camas. Sim! 1000 camas! Esse realmente é para você fazer amigos! Tem sala de jogos, recepção, e uma casa noturna.

Eu gosto do ambiente de hostel, mas gosto de privacidade. Como um hostel funciona nestes casos?

É possível você aproveitar todas as vantagens de um hostel dessa maneira também! Isso porque muitos hostels tem quartos privativos para duas, três ou quatro pessoas. Para viajar entre amigos, e ao mesmo tempo, curtir as festinhas nas áreas sociais.

Claro, custa um pouquinho mais caro, mas, mesmo assim é mais barato que muitos hotéis por aí. Vale a pena sempre pesquisar também.

Agora você já pode arrasar em um hostel e contar aqui embaixo para nós como foi a sua experiência, tá bom?

Veja também: Aluguel de apartamento em temporada | O que são bed bugs e quais os cuidados devemos tomar?

Perguntas Frequentes

É barato ficar em hostel?

Eles são muito mais acessíveis do que os quartos de hotel e, geralmente, oferecem uma cozinha para você preparar suas próprias refeições. Ou seja, é mais uma forma de economizar na viagem.

É seguro ficar em hostel?

Sim, os hostels são incrivelmente seguros. No entanto, há muitas coisas que você pode fazer para garantir isso como, por exemplo, beber com responsabilidade, respeitar os colegas de dormitório, trancar seus objetos de valor e fazer as malas com sabedoria.



Robba Caravieri
Aos 40 anos deixei meu país, o Brasil, para descobrir o mundo. Escolhi Barcelona para ser minha casa por enquanto, mas sou De Lugar Nenhum.

22 respostas

  1. Eu sempre hospedei em hostel, mas nunca parei para pensar no que é um hostel. Adoro essa hospedagem e a facilidade de fazer amizades em viagens. Mas confesso que prefiro hostel quando viajo sozinho, quando estou acompanhado de uma mulher um hotel é melho rsrr. Parabéns pelo conteúdo meu amigo Roberto, material de primeira.

  2. Muito legal seu post! Já fiquei em hostal quando mochilei pela Europa. Foi uma experiência muito interessante, mesmo com alguns perrengues kkk

  3. Adorei o post sobre o que é um hostel. Achei bem esclarecedor. Confesso que ainda não me hospedei em nenhum deles. Mas também acho que tem vantagens e desvantagens, tudo depende de quem vai se hospedar e o que deseja da hospedagem.

  4. Confesso que tinha certo receio com relação aos Hostels. Porém, a partir do momento em que comecei a ter mais conhecimento a respeito desse tipo de hospedagem, esse pensamento caiu por terra. O Hostel é hoje uma forma de hospedagem que incluo no meu planejamento, quando há as opções privativas para estar com minha família! Ótimos esclarecimentos! Obrigada!

  5. Que legal essa explicação do que é um hostel. Nunca me hospedei em um nem na época dos albergues, rs, mas é uma experiência que ainda quero fazer com a família.

  6. Até os 30 anos, eu me hospedei em hostels e confesso que vivi belas experiências – Em Londres, umas 3 vezes, em Roma, Veneza, Barcelona, Munique, Paris. Tenho muita história pra contar muitas lembranças. Acho que todo mundo tem que saber o que é um hostel e como aproveitar a estada.
    Ótimo tema para um post. Parabéns.

  7. Nunca me hospedei em hostel, mas tenho curiosidade para viver esse tipo de experiência de hospedagem, quando os meus filhos tiverem mais velhos quero viver isso com eles.

  8. Post sensacional, amigo! E muito fundamental para desmistificar preconceitos . Acho que muitos brasileiros que viajam tem bastante preconceito sobre esse tipo de hospedagem. Eu vivi as melhores estórias num hostel em Amsterdam. Só de lembrar me dá vontade de rir. Envolve space cake. kkkkk
    E em Antígua, na Guatemala e Copenhague, Dinamarca eu me hospedei em hostel tops de linha. Seu post me deu um gatilho, de como estou com saudades do mundo. Beijos e obrigada por compartilhar

  9. Não me lembro de ter lido sobre esse conteúdo que fez, e já fiquei em hostel, já expliquei para amigos sobre como é, mas nunca me ocorreu de escrever sobre isso. Que boa idéia e que post bacana!

  10. Hoje os hostels já estão muito modernos, já existem hostels com quartos privativos tenho um hostel e nele há quartos compartilhados, quartos privativo casal, quarto familia, e em todos os quartos tem banheiros privativo. Temos que nos adaptar às novas tendências nos hostels. Hoje as pessoas estão buscando economia e privacidade em um único lugar.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Navegue

Posts Relacionados


Fique por dentro

Inscreva-se na nossa newsletter e receba sempre em seu e-mail todas as novidades, promoções e dicas.
Basta digitar seu e-mail no campo abaixo e pronto!

© 2022 De Lugar Nenhum. Todos os direitos reservados.