montserrat - de lugar nenhum

Você já ouvir falar de Montserrat, uma cidade que fica pertinho de Barcelona?

Visitamos a cidade no ano de 2021, demoramos bastante para escrever esse artigo, mas enfim, chegou a hora de conhecer Monstserrat, suas vistas, o Monastério e tudo que ela tem pra te oferecer.

É um passeio encantador, que fica muito próximo de Barcelona e você pode fazer um bate e volta até aà cidade.

Quer saber mais sobre Montserrat? Continue lendo!

Onde fica o Monastério de Monsserrat?

O Monastério de Montserrat, fica no município de Monistrol de Montserra e faz parte da província de Barcelona, na Catalunha.

,Ele é um mosteiro beneditino que abriga a famosa imagem de Nossa Senhora do Monte Serreado, a padroeira da Catalunha.

A distância do Monastério de Montserrat ao centro de Barcelona é de cerca de 60 km, você pode ir de carro, mas também pode visitar pelo trem e cremalheira, comprando um pacote que inclui os transportes., que vamos te explicar logo em seguida.

Porque decidimos ir para Montserrat?

Eu, Dora Vitória, planejava ir para o Brasil em abril, porém 2021, mas, em período de pandemia, estava quase chegando na metade do ano e não ia ser possível. O jeito era programar passeios aqui mesmo na cidade que eu vivo, pois, seria ótimo aproveitar essas 3 semanas aqui pela Catalunha. 

As férias aqui na Espanha, quando se trabalha “CLT” não tem muita diferença da brasileira e acabei passando metade das férias fazendo coisas pessoais e passeando bastante por aqui mesmo.

Sendo assim, um dia decidimos visitar Montserrat, após o famoso café entre mim e o Robba, só dar a ideia e ele vem com o plano prontinho. Mas a vontade de visitar Montserrat, vem desde quando me mudei para Barcelona e era uma ótima oportunidade para acontecer.

Como chegar em Montserrat?

Agora falando de coisa séria, para chegarmos em Montserrat desde Barcelona, existem algumas formas: carro, ônibus e trem(esse último sendo o nosso escolhido).

Pacote para Montserrat

Por ser uma montanha, para chegar lá em cima é preciso também pegar um trenzinho (ou ser fitness e subir na caminhada).

Você pode comprar uma Excursão para Montserrat, que inclui o transporte até lá, o ticket para a cremalheira, o trem (funicular).

Eles te levam até o alto da montanha, isso tudo para ida e volta.

Vale muito a pena, pois comprando por lá separadamente, fica bem mais caro.

Lá embaixo, vamos deixar o vídeo do passeio, para você ver como é.

De carro

Se você for dirigindo, também é fácil, através da A-2 até o B-111 (siga as placas).

Você vai pegar a saída 570 e seguir até a BP1103, chegando na cidade.

Mas, ainda assim, não é muito vantajoso, pois, você precisará comprar os ingressos para o funicular, se quiser ir até o topo das montanhas. Na verdade, a desvantagem é mais financeira, você talvez vai acabar gastamos mais que indo da primeira opção.

Chegando na cidade, para passar um dia em Montserrat

Em seguida, chegou o momento de te contar como nos preparamos para passar o dia nesse passeio.

Em primeiro lugar, prepare snacks e lanches, pois, não tem muitos lugares para comer por lá e o único que tem, infelizmente, além de caro, não é bom.

Preparamos nossas mochilinhas com sanduichinhos água e acessórios que poderiam ser necessários em uma viagem dessa, como, por exemplo, um chapéu, protetor solar, lenços umedecidos e álcool gel, entre outras coisas.

Saindo de Barcelona

Acordamos bem cedinho para pegar o trem na estação de trem da Praça Espanha, em Barcelona.

O trem que escolhemos saia às 8:40, mas decidimos fazer as coisas com calma, tomar um café (como sempre) e pegar o próximo horário, às 9:30.

A viagem de trem demora em torno de 1 hora e possui vistas maravilhosas, o que fez a espera super gostosa.

Chegando na estação Aeri de Montserrat, fizemos a transição para o Funicular de Montserrat: aquele trenzinho que nos leva até a montanha que mencionei ali em cima.

Clima em Montserrat

O clima estava meio ensolarado com cara de que em algum momento iria chover e a previsão nos dizia que isso iria acontecer pela tarde.

O mais sensato então seria subir até a parte mais alta e aventureira da montanha pela manhã e aproveitar o solzinho e quando o tempo começasse a fechar, descer e conhecer o monastério e outros edifícios de lá.

É indicado ir preparado, mesmo que esteja calor, levar uma blusa, pois a altura faz com que a temperatura mude radicalmente num piscar de olhos!

Nesse dia, choveu muito, por exemplo.

E começa a aventura em Montserrat

Sendo assim, subimos na montanha, decidimos ir fazendo a caminhada pouquinho a pouquinho para ir testando nossa resistência.

Não vou negar que em plena pandemia o máximo de exercícios que fiz foi um yoga pela manhã algumas vezes por semana.

Somos aquele tipo de aventureiros que só vai e não pensa muito. Isso é bom, até certo ponto.

A caminhada tem muitas subidas e, como era um dia de semana e estava mais vazio, paramos para apreciar a vista e descansar quando necessário.

Os cuidados com a trilha

Em um momento começou a chuviscar bem de levinho e o Robba, decidiu que voltaria pelo caminho que viemos e iria apreciar a vista, aproveitar para fazer algumas fotos e vídeos.

Combinamos de ficarmos atentos aos nossos telefones para emergência e eu decidi me aventurar mais um pouquinho seguindo no caminho, onde tinham algumas escadas feitas de pedra e trilhas que subiam ainda mais até o topo.

Cheguei na metade do caminho, mas era muito íngreme e com muitas pedras, considerei perigoso e decidi voltar.

Finalizando a trilha

Ao descer essa mesma escada percebi haver uma continuação da mesma que é atalho até a parte que o Robba estaria me esperando e pensei “por que não?”.

Comecei a fazer um vídeo para mandar para a família, pois sempre que faço essas viagens as atualizações acontecem em tempo real.

Quando clico em gravar, ouço uma voz de fundo me chamando e vejo que é ele lá do outro lado das árvores, em outra pedra.

Foi a cena mais engraçada que passei na vida e mais uma vez confirmei que nós dois juntos era para acontecer sim ou sim nessa vida.

montserrat
O lugar por si, já é muito agradável!

Aproveitando mais do passeio

Voltando a minha aventurazinha, após ficarmos 10 min conversando a quilômetros de distância, eu percebi que a melhor coisa seria voltar pelo caminho que fui até ali, pois eu teria que descer com cuidado.

A chuva nesse momento estava aumentando, ou seja, é preciso ser cauteloso.

Assim que descemos do funicular até o monastério, ficamos ilhados com uma tempestade que durou alguns 40 minutos.

Era um péssimo acontecimento pro nosso plano, mas não tinha o que fazer, além de tomar outro café. Mas a chuva parou e continuamos.

Stairway to Heaven

Logo depois, fomos visitar a escultura popularmente conhecida como “Stairway to Heaven“, porém seu nome é Escalera del Entendimiento do escultor catalão Josep María Subirachs

Antigamente, ela era aberta, mas as pessoas subiam até seu último degrau. Como era perigoso, decidiram cercar e agora é admirada somente de longe.

Não seja essa categoria de turistas, que sobem em monumentos.

Passamos um tempo contemplando as vistas e passamos pro monastério que já na entrada tem uma praça e uma fachada incríveis!

monstserrat stairway
O monumento conhecido por “Escadas para o Céu” antes das cercas que agora o protegem

Visitando o Monastério

Com o chão de mármore ainda meio molhado, tivemos que ter um cuidado ao passar pela pracinha e entrar na igreja, mas confesso que fiquei maravilhada com o efeito meio espelhado que o chão tinha. 

Como não sou muito religiosa, confesso que fico mais maravilhada com a arquitetura e beleza do lugar do que com as imagens religiosas em si.

Ainda assim, sempre faço uma oraçãozinha de agradecimento sempre que acho necessário.

Crenças à parte, o interior da igreja é maravilhoso no estilo gótico, e possui muitos detalhes dourados e cores mais escuras.

Descrevendo assim parece mais uma igreja normal de 1800, mas vale a pena entrar em todas para conhecer e apreciar a beleza desses lugares antigos.

igreja montserrat
O interior da igreja

Fim de tarde na montanha

Com essa visita à igreja, completamos a nossa visita contemplando as vistas e edifícios construídos com a montanha e parecem feitos com mágica.

Como as praças têm muitos bancos ao ar livre, é super gostoso sentar e ver a vida passar, comendo um lanche.

Adorei conhecer Montserrat e com certeza vou voltar mais algumas vezes para poder explorar os caminhos da montanha com tempo e um bom condicionamento físico.

Digo um bom condicionamento físico, pois para exercitar-se com segurança é preciso conhecer o seu corpo e seus limites.

Sem importar o peso ou aspecto, quando você se conhece e faz coisas que te fazem bem, tudo fica mais gostoso.

Espero que vocês tenham gostado dessa aventura um pouco atrasada e vejo vocês na próxima (fiquem ligados com vídeos vindo por aí)! Um beijo.



Vitoria Bonsi
Adora viajar e conhecer todos os tipos de lugares. Apaixonada pelo verão, escolheu Barcelona para ser sua casa desde 2018. Correspondente e colaboradora no nosso site e dos nossos vídeos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Navegue

Posts Relacionados


Fique por dentro

Inscreva-se na nossa newsletter e receba sempre em seu e-mail todas as novidades, promoções e dicas.
Basta digitar seu e-mail no campo abaixo e pronto!

© 2022 De Lugar Nenhum. Todos os direitos reservados.